O que você achou desta postagem?

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Homem com dois paus

HOMEM COM DOIS PAUS




Disphallia #1Disphallia #1
No. 1



Disphallia #2Disphallia #2
No. 2



Disphallia #3Disphallia #3
No. 3



Disphallia #4Disphallia #4
No. 4



Disphallia #5Disphallia #5
No. 5



Disphallia #6Disphallia #6
No. 6



Disphallia #7Disphallia #7
No. 7



Disphallia #8Disphallia #8
No. 8



Não se trata de montagem, as imagens acima são reais, existe sim homem com dois pênis, infelizmente eu não sou um deles e penso que você também não seja.

O primeiro relato da existência de homem com dois paus data de 1609, um italiano morador de Gênova. Desde então ocorreram relatos de outros homens nesta condição e você pode então concluir que na atualidade não vai ser diferente, sendo a celebridade do momento o "DDD- Double Dick Dude".

Talvez você nem sabia que há homens que nascem com dois pintos e não é culpa sua, esse fenômeno de homem nascer com dois caralhos é raro. E o homem que tem dois pintos nem sempre tem interesse que o seu estado seja revelado tanto porque o padrão de beleza da genitália, imposto pela sociedade, não é esse e, ainda, a mídia (sensacionalista e faminta por novidades) o exibiria como uma extravagância da natureza.

Um homem ter dois pintos é uma condição incomum, vive uma situação extraordinária (mas não extravagante!) de ter sido escolhido pela natureza para viver essa experiência. Estima-se que um homem a cada 5 ou 6 milhões nasce com dois paus.

Em novembro de 2015, os Estados Unidos da América com seus 321 milhões de habitantes é crível que tenha de 54 a 64 homens que nasceram com dois paus. O Brasil, com 204 milhões de habitantes, provavelmente tenha de 34 a 41 homens nascidos com dois caralhos.

Vamos por uma média, não de 1 a cada 5 ou a cada 6 milhões, mas 1 a cada 5,5 milhões. Então só nos Estados Unidos da América há agora 58 homens e no Brasil 37 homens com dois cacetes, mesmo assim na literatura médica até hoje só foram relatatos mais ou menos 100 casos. E não me pergunte o porquê.

Nos casos reportados pela Medicina há estudos de pênis com duas cabeças, há casos de pinto que na altura da metade do comprimento se divide em dois e assim a partir do meio há duas pontas de paus. Há casos avaliados de pinto normal na parte de cima e abaixo dele um outro de tamanho menor.

Há vários aspectos de Difalia, é assim que a Medicina chama essa variação da conformidade da genitália masculina. O mais comum o dois pênis idênticos (ou quase) lado a lado e menos comum um pênis acima ou abaixo do maior. E mais dificilmente o segundo pinto está alojado internamente no corpo, ou seja, o primeiro pinto que é maior está aparente enquanto o segundo pinto, menor, está oculto. Nessa situação só quando o homem reclama de problemas de saúde e faz uma avaliação médica é que acaba descobrindo que tem um segundo pinto.

Em alguns casos o homem tinha dois pintos sendo que o pinto menor ficava acima do pinto maior, como que apoiando nele. Na maioria dos casos constatados pela Medicina os dois pintos eram do mesmo tamanho, ou bem perto de serem do mesmo tamanho, e se posicionavam lado a lado, ao que parece é a situação do "DDD".

Um homem com dois pintos pode urinar por um ou por ambos. Normalmente o jato do mijo sai nos dois paus e isto deve-se ao fato de que o homem tem apenas um único músculo na bexiga de controle da urina. Contudo, se o homem apertar um de seus paus o jato, evidentemente, vai sair apenas pelo outro pinto, mas essa técnica não é confortável, chega até mesmo a ser dolorida, portanto, mija-se nos dois paus.

Nem é preciso dizer que a gente com um pau já mija fora do alvo, imagina você um homem com dois paus, tem que ter muita pontaria! O que acontece é que, para evitar o fluxo de mijo espalhar e também ir parar onde não se deve, o homem com dois cacetes prefere mijar sentado. Em banheiros públicos dá a preferência de fazer sua mijada no reservado, tanto pela reserva de não expor seus dois pintos em público quanto para não atingir o homem que estiver ao lado no mictório.

Médicos constataram um caso específico de um homem que mantinha um pau ereto mas este pau não ejaculava enquanto que o seu segundo pau estava mole e a ejaculação saia por ele. No caso do "DDD" ele confidenciou que sua ereção é por pinto, ou seja, o seu pinto esquerdo começa a ficar duro e atinge uma certa dureza e fica nisso então o seu segundo pinto, o da direita, começa a endurecer até certo ponto. O primeiro pinto então continua a endurecer mais um pouco e o segundo pinto também. De modo que os dois pintos ficam ambos duros, mas não igualmente duros. Somente quando o "DDD" usa anel peniano ambos os pintos ficam igualmente duros. Lembrando que "DDD" é o nosso querido Double Dick Dude que para saber mais sobre ele pesquisa no Google, ok?

O "DDD" disse que precisa masturbar para não ficar com a próstata inchada de fluido seminal e assim ele bate punheta pelo menos uma vez a cada um dia ou dois dias. Revelou que se não ejacula sua próstata fica avolumada de tal modo que dói. Eu, particularmente, sinto algo parecido com esse relato dele, só que, evidentemente eu não tenho dois cacetes, mas sinto que às vezes minha próstata está sobrecarregada de porra e eu preciso masturbar, porque a sensação de estar inchado de porra, sim, eu sinto essa sensação, meio de inchaço e meio de dor, me incomoda. Com você acontece algo parecido? Eu acho que com todo homem é assim... só que eles não batem punheta quase todo dia como eu...

Homem com dois paus podem conseguir ter orgamos múltiplos, isto é, gozam ora por um pau e ora por outro pau. Conseguem deixar um pau babando a pré-porra enquanto o outro pau está seco. E no caso do "DDD" ele diz que goza num pau e depois de minutos pode gozar no outro pau. E assim por diante, totalizando umas 10 ejaculadas num período de 4 horas. Ficar masturbando por muito tempo eu, Beaga24, não consigo, parece que o saco fica doendo, doido para gozar. Quando sou ativo eu seguro a ejaculação, mas sozinho masturbando não tenho paciência de ficar muito tempo.

Essa postagem foi sobre Disfalia, este fenômeno de duplicidade de pinto. Trata-se de um acidente de variação genética que não é hereditário, acontece, e pronto. A Medicina diz que por alguma razão há uma variação genética no fim do primeiro mês de gestação, sem causas comprovadas ou reconhecidas. Não confundir com o quadro de homem que intencionalmente secciona o seu pau, a difalia é algo que acontece a um recém-nascido, não tem nada a ver com fetiche ou adorno corporal realizado por homem adulto.

Um abraço.






quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Vergas


VERGAS




Quem gosta de pau duro é viado.
Mulher gosta é de dinheiro.




Cock #1
1








Cock #2
2








Cock #3
3








Cock #4
4








Cock #5
5








Cock #6
6








Cock #7
7








Cock #8
8








Cock #9
9








Cock #10
10








Cock #11
11








Cock #12
12








Cock #13
13








Cock #14
14








Cock #15
15








Cock #16
16








Cock #17
17








Cock #18
18








Cock #19
19








Cock #20
20








Cock #21
21








Cock #22
22








Cock #23
23








Cock #24
24








Cock #25
25








Cock #26
26








Cock #27
27








28








Cock #29
29








Cock #30
30








sexta-feira, 13 de novembro de 2015

5 contra 1


5 CONTRA 1




Tive uma quinta-feira maravilhosa! Um homem casado deu a bunda para mim num motel no centro da cidade, motel escolhido e pago por ele, para uma relação sexual que começou às 8 horas e 30 minutos, antes dele ir para o escritório. Quando ficamos pelados ele já estava de pau duro, e o meu pau estava mole. Disse a ele que meu pau não fica mole "instantaneamente", eu preciso de ter um mínimo de conhecimento do meu parceiro, e para isso preciso conversar. Ficamos deitados lado a lado pelados na cama, eu e ele nos acariciando, muitos abraços e beijos, depois dessa preliminar eu coloquei ele na beirada da cama, barriga para cima, cabeça bem inclinada na beirada da cama, pronto para chupar o meu pau. Meu pinto foi ficando meia-bomba e foi endurecendo aos poucos. Quando eu me senti mais à vontade com ele meu pau ficou duro de fato e perguntei a ele qual era a posição que ele queria primeiramente dar o cú. Ele disse que queria sentar no meu pau, e assim fez, devagar, gemendo a cada centímetro entrando. Ficou no sobe e desce até acostumar com o comprimento e grossura. E a partir daí fodi muito ele, em variadas posições, até que ele começou a se masturbar e a gozar. Vendo ele começando a gozar dei umas estocadas mais fortes no cú do casado e ele gozou, aí eu tirei meu pau do cú dele e rapidamente me livrei da camisinha e me posicionei sobre a barriga dele e esporrei na barriga dele. Tomamos um banho e depois ele me pediu para acompanhar até a esquina e conversamos um pouco e nos despedimos. Nessa despedida ele me disse que o seu dia seria mais tranquilo, mais leve e feliz, depois de ter dado a bunda para mim.




No. 1






No. 2






No. 3






No. 4






No. 5






No. 6






No. 7






No. 8






No. 9






No. 10







video
Vídeo 1 - 1 min 43 s - 7,49 Mb








No. 11






No. 12






No. 13






No. 14






No. 15






No. 16






No. 17






No. 18






No. 19






No. 20







video
Vídeo 2 - 2 min 49 s - 5,54 Mb








No. 21






No. 22






No. 23






No. 24






No. 25






No. 26






No. 27






No. 28






No. 29






No. 30






No. 31







No. 32







No. 33







No. 34







No. 35






No. 36







No. 37







No. 38







No. 39







No. 40







No. 41







No. 42







No. 43







No. 44







No. 45







No. 46







No. 47







No. 48







No. 49







No. 50







BEATING DICK



WANKING COCK



STROKING DICK



PLAYING WITH MYSELF