O que você achou desta postagem?

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Fora com os pelos


FORA COM OS PELOS
Alguns homens, imagino que a maioria deles, não pensa em cortar os pelos íntimos, ou seja, aqueles pelos que crescem na virilha, na base do pau, no saco bem como na região do cú. Pode ser algo bem intimidativo colocar um instrumento cortante nesses lugares, porém, chega um momento que é preciso aparar ou mesmo remover os pelos longos ou que viraram uma moita espessa.



video
Vídeo 1 - 2 min 24 s - 6,46 Mb



É aconselhável não estar com o pau duro durante a operação, o que geralmente não acontece uma vez que a operação envolve toques em regiões que estimulam a libido, se bem que por si só a operação já tem uma carga altamente erótica e dificilmente o pau não ficará duro em algum momento. O primeiro passo é ter em casa um cortador de cabelos elétrico ou um aparador de pelos elétrico ("trimmer") e um aparelho de barbear com 4 lâminas paralelas, preferivelmente.



video
Vídeo 2 - 2 min 35 s - 10,4 Mb



Tenha em mãos também um creme de barbear, eu prefiro o do tipo gel em vez do tipo espuma, ainda uma loção pós-barba. Se preferir pode usar um pó antisséptico. Você começa por tomar um banho bem quente para ajudar a amolecer os pelos e fazer estes pelos saírem de dentro dos folículos. Seque e comece a cortar fora os pelos, para ter uma ideia de como, estão aí os vídeos para te ajudar a entender o processo. A depilação com o uso de cera para a retirada de pelos corporais será motivo de futura postagem.



video
Vídeo 3 - 5 min 46 s - 23,7 Mb



Se você quiser apenas aparar com a máquina de cabelo então você escolhe a altura desejada para seus pelos mas se você quer posteriormente passar a lâmina de barbear então deve cortar bem rente, posição "0" ou "1". Isso evita que a lâmina de barbear fique sobrecarregada de pelos, se isso acontece você vai ter que continuamente ficar lavando a lâmina na torneira, do contrário a lâmina recusa-se a cortar. Aconselho cuidado ao passar a máquina de cortar cabelo no saco pois a pele do saco é fina e solta e o pente da máquina pode prender, o que causa enorme dor. O mesmo acontece para a região inferior do pau, onde ele fica rente ao saco.



video
Vídeo 4 - 3 min 5 s - 12,8 Mb



Eu acredito que a parte mais complicada não é como cortar os pelos mas sim porque cortar! Não faz parte dos hábitos masculinos aparar os pelos da virilha, do saco, da base do pau e da bunda e cú. Talvez seja uma prática de higiene que deveria ser mais aplicada, contudo somente alguns homens, a maioria gays, a fazem. Há vários benefícios em barbear os pelos íntimos, bem como alguns efeitos negativos. Por exemplo, um benefício é o seu pau parecer maior quando não há pelos na virilha e como efeito negativo você vai ter que saber que alguém pode te ver pelado, por exemplo no banheiro da acedemia ou do clube, e vir a notar a ausência de pelos íntimos em você, o que pode criar algum constrangimento.




video
Vídeo 5 - 2 min 26 s - 10,3 Mb



Vamos comentar mais sobre alguns outros benefícios. A pele da região onde foi retirado os pelos receberá mais ar o que diminuirá a sensação, real ou impressão, de umidade e calor. A região depilada ficará com menos odor, ou nenhum odor, depois de um dia de trabalho ou exercícios. A pele fica mais macia e com isso aumenta a sensibilidade na região, inclusive e mais importante, quando seu parceiro tocar a região com os dedos ou a língua. Visualmente fica mais convidativo porque dá a ideia de safadeza, ousadia, atrevimento, já que o local fica mais exposto e fica mais fácil ver detalhes. Evita que pelos fiquem na boca e dentes no sexo oral, quem gosta de passar a boca, mordiscar e lamber um pau e saco e ficar com pelos presos na boca?



video
Vídeo 6 - 4 min 59 s - 20,9 Mb



Agora vamos pensar sobre alguns inconvenientes de cortar fora os pelos íntimos. O efeito indesejável mais comum é irritação na pele após o corte com a lâmina de barbear e posteriormente pode acontecer irritação e inflamação em alguns folículos pilosos. Durante a passagem da lâmina você poderá se cortar e se for um corte mais sério ficará incomodado, ao andar e sentar, durante todos os dias antes de ocorrer a cicatrização. Enquanto os pelos estão crescendo novamente é normal ocorrer espetamento e alfinetamento da pele que ficar em contato ou atritando. Coceiras também são normais de acontecer porque a pele fica sem a barreira de proteção dos pelos e o atrito da pele a deixa mais sensível. Infelizmente aumenta a probabilidade de contrair doenças sexualmente transmissíveis, justamente por conta do aumento da exposição da pele da região.



video
Vídeo 7 - 3 min 37 s - 14,9 Mb



Nem precisava falar porque este é um blog de entretenimento pornô gay mas eu vou falar porque me deu agora um "insight" me pedindo para fazer essa observação. Não sou médico dermatologista ou terapeuta corporal ou dono de salão de beleza e se você não sabe ou sabe mais ou menos cortar seus pelos íntimos, então não corte só porque leu aqui. Procure um profissional que lide com isso, tomando o cuidado de pegar referências de quem já fez a retirada de pelos com ele. Eu sei que pode ficar mais caro mas quando se fala em saúde, bem-estar e qualidade de vida, dinheiro fica em segundo plano (pague com cartão de crédito, dê cheques pré-datados, se vire, para outras coisas tenho certeza que você arranja um jeito de conseguir dinheiro!).




video
Vídeo 8 - 5 min 14 s - 19,4 Mb



Eu não entendo como alguém pode querer passar álcool numa região depilada com lâmina de barbear mas isso acontece porque é uma forma barata de esterilizar e dá aquele friozinho gostoso. Mas não faça isso! Álcool arde e "queima" e resseca a pele. Também jamais faça uma depilação íntima se a pele estiver com feridas, micoses ou alguma outra patologia. Outra coisa que não se deve fazer, mesmo sendo repetitivo, é dizer que quando você passar a lâmina de barbear procure sempre deixar a pele esticada, essa é uma "regra de outro" a ser aplicada. Segure a cabeça do pau e puxe, segure o saco e puxe, estique a pele da barriga na direção de encontro ao umbigo e puxe para cortar os pelos da virilha, puxe as nádegas para o lado para deixar a região do cú esticada, e assim tudo correrá bem (provavelmente).




video
Vídeo 9 - 8 min 35 s - 36,0 Mb



Após o corte deve-se aplicar um produto antisséptico, gel ou pó, o que vai minimizar irritação e pelos encravados, sugiro reaplicar o antisséptico diariamente e várias vezes nos primeiros dias. Usar uma cueca mais solta (não muito renta ao corto) também é uma providência que evita ocorrência de alguns efeitos indesejáveis. Quando os pelos começarem a crescer se aparecer pelo encravado você pode fazer uma massagem no local, aplique força (nada de violência), durante 2 dias. Contudo não fique massageando a toda hora, a intenção é só irrigar de sangue e não criar um furúnculo. Se você quiser uma providência mais rápida, use uma pinça, e com cuidado, prenda e puxe o pelo. Passe um produto cicatrizante, fácil de encontrar em farmácia ou loja de perfumaria.




video
Vídeo 10 - 2 min 52 s - 12,0 Mb



Normalmente a depilação íntima não traz complicações mas se você é sem sorte, ou um amigo seu é, procure ajuda profissional para resolver o mais rápido possível o problema. à medida que os pelos voltem a crescer recomendo uma solução caseira que dá resultado que é passar óleo de amêndoas ou azeite de oliva na região depilada para deixar macio e não ressecado. Caso os pelos voltaram a um tamanho que você não está satisfeito talvez seja o momento de voltar a fazer o corte, apenas com a máquina de cabelo ou a máquina seguida da lâmina de barbear. Sugiro que você não depile todo dia, dá uma vontade de deixar tudo liso e livre de pelos mas depilar diariamente é inapropriado. Duas vezes por semana está de bom tamanho. Se você quiser me mandar uma foto ou vídeo, ficarei feliz em receber, ok, abraços!



Nenhum comentário:

Postar um comentário