O que você achou desta postagem?

sábado, 30 de novembro de 2013

Qual cú você gosta mais? - Parte 2


  • QUAL CÚ
  • VOCÊ
  • GOSTA
  • MAIS?
O que faz um homem desejar a bunda de outro homem? Seria uma questão de química ou tempestade cerebral que faz um homem ficar excitado quando vê a bunda de outro homem? Segundo esse argumento assim como o cérebro de um homem fica ativado sexualmente ao ver o pinto de homem, por exemplo, quando ele está mijando no banheiro de um shopping, também há homem que fica excitado ao ver a bunda de outro homem, por exemplo, quando observa um homem com um jeans mais justo ao corpo passando na rua.
Ass #1
Cú No. 1


Ass #2
Cú No. 2


Ass #3
Cú No. 3


Ass #4
Cú No. 4


Ass #5
Cú No. 5
O fato é que há homens que ficam muito interessados pela bunda de outro homem. Só de olhar uma bunda, esteja ela vestida ou não, logo dispara nele um desejo de continuar observando, obtendo o mesmo deleite, ou até mais, do que teria ao observar uma obra de arte no Louvre. Enquanto algum outro homem já se dispõe a por a mão nela (e isto pode mesmo acontecer se os dois homens estiverem próximos, por exemplo, dentro de um metrô lotado). Em alguns casos o homem tem como o primeiro pensamento o de já foder aquela bunda uma vez que para ele bunda significa relação anal. É curioso como a coisa funciona para cada homem, você não acha?
Ass #6
Cú No. 6


Ass #7
Cú No. 7


Ass #8
Cú No. 8


Ass #9
Cú No. 9


Ass #10
Cú No. 10
Dá para perceber o alto nível de prazer quando a gente ouve um homem falar do quanto ele fica enlouquecido em meter na bunda de outro homem. Certamente ao falar disso ele relembra o momento no qual o seu cacete atritava a próstata e relembra os gemidos e a fome de pau do seu parceiro. Só um homem que já comeu uma bunda sabe exatamente do que estou falando, essa sensação maravilhosa de possuir outro homem e dar a ele o que ele mais gosta.
Ass #11
Cú No. 11


Ass #12
Cú No. 12


Ass #13
Cú No. 13


Ass #14
Cú No. 14


Ass #15
Cú No. 15
Pois bem, fica claro que a parte principal da bunda, o cú, é o lugar por onde os homens podem apreciar toda a força e destreza de uma piroca. E esta celebridade da bunda em 95% das vezes vem acompanhada de um punhado de pelos e o mais interessante é que esses pelos do cú são muito apreciados. O poder do segredo, tudo que é meio escondido e difícil tem um encanto a mais, por isso um cú cabeludo, como poderia se pensar, não causa rejeição ou constrangimento. Ocasionalmente pode-se passar uma tesoura ou gilete para a não a bunda não se tornar uma selva intransponível.
Ass #16
Cú No. 16


Ass #17
Cú No. 17


Ass #18
Cú No. 18


Ass #19
Cú No. 19


Ass #20
Cú No. 20
Algumas vezes, contudo, é interessante retirar totalmente com gilete os pelos do cú principalmente quando se percebe que a higiene do cú não está sendo eficiente, você sabe como é, insistem em ficar emplastados nos pelos um resto de merda. Ou quando sente-se a sensação que está acumulando muito suor na região. Outra ocasião de se depilar o cú é quando os cachorros na rua andam atrás de você, sinal que há um rastro de cheiro (ruim) evanescendo no ar ao seu redor. Pois bem, um cú barbeado torna-se mais ventilado e facilita o pau duro entrar no buraco. A natureza é sábia e fez o cú ser tanto uma porta de saída quanto de entrada, e rapar o cú é como colocar um tapete de boas-vindas na porta.
Ass #21
Cú No. 21


Ass #22
Cú No. 22


Ass #23
Cú No. 23


Ass #24
Cú No. 24


Ass #25
Cú No. 25
Uma bunda e cú com ou sem pelos é opcional mas nada é mais inapropriado do que uma bunda suja. Fazer sexo anal com um parceiro que não fez a higiene no buraco é um crime sujeito à pena de receber um "não vai dar" na próxima vez ou, pior, saber que o acontecido foi revelado para todo o mundo real e virtual. O delicioso gosto... da vingança! Portanto, para sujar o nome na praça ou você dá um cheque e não paga ou você paga um cheque (cheque na gíria do Brasil é quando o cú está com merda e suja o pau do ativo).
Ass #26
Cú No. 26


Ass #27
Cú No. 27


Ass #28
Cú No. 28


Ass #29
Cú No. 29


Ass #30
Cú No. 30
Uma bunda é uma bunda, é uma bunda.
Quem nela seu olhar não fixa,
Sua alma entristecida de rancor
Tristeza e melancolia abunda.

A bunda
Quando ela passa todo mundo espia
Não para cara embora ideal e formosa
Mas para a bunda, que bunda maravilhosa
Que bunda, nunca vi tanta magia.

Requebra, rebola, rodopia
Numa expressão maravilhosa,
Deve ser uma bunda cor de rosa
Da cor do sol quando desponta o dia.

E ele que sabe que essa bunda é boa
Vai pela rua rebolando à toa
Deixando a multidão maravilhosa.

E eu, que a contemplo nesse silêncio mudo
Vou vendo aquilo que não vale nada
E ele com a arte fazendo valer tudo.


quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Qual cú você gosta mais? - Parte 1


  • QUAL CÚ
  • VOCÊ
  • GOSTA
  • MAIS?
Não há nada errado em ser gay tanto que a boa educação (que em outras palavras pode-se chamar isso de civilidade) diz que ninguém deve discriminar uma pessoa por ela ser gay desde que nasceu ou por ter se assumido gay posteriormente. Paralelamente a esse critério de cultura a ciência ainda não descobriu como surge ou um motivo (por exemplo, uma falha genética) detectado para que ocorra ou desenvolva a homossexualidade num homem. O que observa-se é que explicar a homossexualidade culturalmente ou biologicamente é tão difícil como um gay viver a homossexualidade!
Ass #1
Cú No. 1


Ass #2
Cú No. 2


Ass #3
Cú No. 3


Ass #4
Cú No. 4


Ass #5
Cú No. 5
Fica mais difícil ainda quando um gay além de assumir a sua homossexualidade publica material "gay" na Internet. Ele torna-se alvo de homofobia tanto por parte de heterossexuais quanto de homossexuais, sim porque existe gays homofóbicos! Algumas de minhas postagens tem o poder de fazer explodir a ignorância de certos homens, que ao invés de irem para outra página na web, permanecem no BEAGA24, possivelmente para, além de alimentarem de mais cabides os seus armários, aproveitar para agredir quem é gay e é feliz por ser gay. Que é o meu caso (e de muitos outros visitantes deste blog).
Ass #6
Cú No. 6


Ass #7
Cú No. 7


Ass #8
Cú No. 8


Ass #9
Cú No. 9


Ass #10
Cú No. 10
Eu prefiro acreditar que para um homem ter uma violenta reação negativa para postagens gays na Internet não deva a ele ter uma má índole porque eu acredito seriamente que ninguém nasce mal. Eu prefiro acreditar que certas reprovações a quem é gay ou a quem publica material gay (não sou o único, seria muita presunção minha), provenha de uma falsa moralidade principalmente construída por uma religião com fundamentos equivocados.
Ass #11
Cú No. 11


Ass #12
Cú No. 12


Ass #13
Cú No. 13


Ass #14
Cú No. 14


Ass #15
Cú No. 15
Há uma diferença entre religião e religiosidade. Eu por exemplo tenho religiosidade mas não tenho religião, ou seja, acredito em que algumas coisas são pecado (no sentido de que é algo que desvia o homem de seu caminho para a sua felicidade e a felicidade do próximo), acredito em vida após a morte etc mas de forma alguma acredito em igreja Católica ou Igreja Evangélica (citando só estas religiões que são as que tem mais seguidores no Brasil). Enfim, sou uma pessoa que acredita em conceitos e em valores religiosos, mas não acredito em instituições religiosas.
Ass #16
Cú No. 16


Ass #17
Cú No. 17


Ass #18
Cú No. 18


Ass #19
Cú No. 19


Ass #20
Cú No. 20
Como se vê sou meio seguidor do que diz a música IMAGINE - JOHN LENNON. Não há paraíso ou inferno geográficos mas sim há paraíso e inferno pessoal, íntimos e customizado, que a pessoa cria para si mesma e vive nele agora ou viverá nele depois que morrer. Ninguém vai para inferno ou paraíso porque não cumpriu o que a sua religião mandou fazer mas sim vai para o paraíso que criou ou para o inferno que criou enquanto viveu simplesmente porque existe uma lei universal de ação e reação. Ou, sob outro ponto de vista, uma lei que diz o que se planta se colhe, portanto assuma a responsabilidade pelo que você sente, pensa e age porque sempre sobram consequências.
Ass #21
Cú No. 21


Ass #22
Cú No. 22


Cú No. 23


Ass #24
Cú No. 24


Ass 25
Cú No. 25
Foi feita uma pesquisa cujos resultados saíram em junho de 2013 que afirma o papel desencorajador e até reprovador que algumas religiões tem tanto sobre o gay quanto para com a família do gay e ainda para com o grupo social onde o gay e sua família vive. Esta pesquisa revelou a quantidade de membros em cada religião que acredita que a homossexualidade é um comportamento que deve ser desencorajado: 68% dos mórmons, 64% dos evangélicos, 61% dos muçulmanos, 30% dos católicos e 15% dos judeus.
Ass 26
Cú No. 26


Ass #27
Cú No. 27


Ass #28
Cú No. 28


Ass #29
Cú No. 29


Ass #30
Cú No. 30
Eu não entendo porque alguém que não queira ver cú, caralho etc esteja em BEAGA24. O blog não é uma mídia científica ou educacional, é tudo (quase tudo!) pornografia para entretenimento e compartilhamento do dito estilo gay de viver. Seria acertado dizer que seria uma tragédia BEAGA24 não existir porque o blog tem (não digo 100%) material que gays e bissexuais gostam. É isso o que me faz continuar, portanto, vou deixar a caravana seguir e deixar os cães ladrando.