O que você achou desta postagem?

sábado, 7 de setembro de 2013

Gosto de cú



GOSTO DE

Conversando com um visitante eu e ele descobrimos que gostamos de depilar o cú e mais que isso, coincidentemente depilamos o saco e uma parte de pelos que cresce na base do pau, ou seja, nós dois temos a característica de ter pelos no pau, na parte do pau junto aos pentelhos pubianos, parecendo que os pentelhos continuam na superfície da base do pau, em cima e em baixo, fazendo um colar.


Rimos da situação de nós dois estarmos acostumados a depilar o cú e o saco e também depilar uma parte do pau. Continuando conversando ele me perguntou se eu era afeminado e eu disse que não, ele também não era. Perguntei o que ele gostava de fazer na cama, dizendo a ele que eu gostava de macho e de macho bissexual e de gay tanto ativo como passivo. Ele me disse sim tudo isso e eu ainda transo com travestis.




  • Cú No. 1





  • Cú No. 2





  • Cú No. 3





  • Cú No. 4





  • Cú No. 5


Esse seguidor do meu blog acabou de me dizer que transava com travestis e eu, curioso que sou, perguntei a ele se era verdade o que diziam, que travesti é comedor. Ele me disse que era verdade, pelo menos os travestis que ele arrumava, esses travestis comiam o cú depilado dele. Ele me disse que gostava da sensação de ter uma mulher comendo ele, pelo menos um homem que parecia ser uma mulher.


Eu confessei a ele que sempre dei para homem e que nunca tinha pensado em dar para um travesti. Ele me convidou para experimentar essa nova experiência qualquer dia, disse que topava sim, não era certeza que eu acabaria dando para o travesti, ou eu comeria o travesti, mas eu gostaria de nós três, eu, ele e o travesti, fizéssemos uma transa. Pelo menos a certeza é que eu e ele (meu amigo visitante do meu blog) poderíamos "brincar" com o cú do outro.



  • Cú No. 6





  • Cú No. 7





  • Cú No. 8





  • Cú No. 9





  • Cú No. 10


Eu sou um gay de mente aberta do tipo que considera tudo como possível de acontecer sexualmente falando entre dois homens, mas sou limitado no que concerne ao que acontece entre um homem e um outro homem que seja travesti. Não tenho absolutamente nada contra travesti, tanto que eu disse ao meu amigo visitante do blog que eu iria com ele e mais um travesti fazer uma transa qualquer dia. Mas confesso que tenho limitações no que diz respeito a sentir prazer sexual com um homem que parece mulher. Se não gosto nem um pouco de gay afeminado, quanto mais um parceiro sexual que parece uma mulher...


No dia que eu for transar com ele e o travesti eu vou poder melhorar a minha compreensão da riqueza da diversidade que é o sexo entre homens. Há muitas possibilidades de se obter prazer na companhia de outro homem, e dentro daquele corpo feminino de um travesti há um homem, ele continua sendo homem. Então, se eu gosto tanto de homem, porque não experimentar sexo com travesti? Em princípio eu acho que apenas comeria o travesti, se é que eu conseguiria já que corpo feminino não me atrai, mas dar para ele, inicialmente, numa primeira experiência, acho que eu não daria.



  • Cú No. 11





  • Cú No. 12





  • Cú No. 13





  • Cú No. 14





  • Cú No. 15


Eu perguntei ao meu amigo visitante se ele gostava de dar para o travesti e ele me disse que sim, embora se considerasse macho. Ele me disse que se eu transasse um dia com travesti eu acabaria transando uma segunda, terceira, quarta vez porque sensação de ser comido por uma "mulher" é muito prazerosa. Ele não costuma comer travesti, quando quer comer come gay, quando quer dar, procura travesti. Eu sei que tem homens que gostam de transar com travesti, só não entendo bem o porquê. Bom, terei que transar com um travesti para saber o porquê.


Eu e muitos gays, bem como bissexuais, que tiveram a oportunidade de "brincar" com o seu próprio cú ou com o cú de seu parceiro, sabemos que o cú é um ponto G que promove intenso prazer sexual. Posso afirmar que uma linguada, uma dedada, uma lambida, um tapinha ou uma penetração no cú é sexualmente tão satisfatório quanto o prazer que se tem no pênis. Acho que a nossa vida sexual precisa sempre de uma alavancada, digo, há a necessidade de sair da rotina e descobrir novos parceiros ou até manter o parceiro sexual, mas sempre procurar novos estímulos, e nisso um sexozinho com um travesti torna-se uma opção.



  • Cú No. 16





  • Cú No. 17





  • Cú No. 18





  • Cú No. 19





  • Cú No. 20


Dar o cú ou comer um cú é uma experiência maravilhosa entre dois homens. Acredito, pelo que o meu amigo visitante me disse, que a experiência de dar o cú para um homem que parece mulher, ou seja, dar o cú para um travesti, não difere muito do prazer que se tem em dar o cú para um macho. Alguém disse um dia que o sexo está no cérebro, e eu concordo. Se o seu parceiro sexual sabe te comer, não importaria então se ele é um macho ou um travesti, o que importa é que ele está te comendo com competência, fazendo o serviço bem feito.


Eu já conheci gays com várias características. Por exemplo eu tinha um colega de trabalho que era casado com mulher e ele era bem afeminado. Ele depois que acabava o horário de trabalho ia para cinemas que passavam exclusivamente filmes pornográficos e lá ele transava com homens. Conheci um outro gay que era também afeminado e ele somente comia os caras, dificilmente dava o cú, ele gostava de comer cú, não gostava muito de dar o seu cú. E ele sempre tinha homens para comer. Tem gays e bissexuais que fazem sexo com parceiros afeminados, e com travestis, é um fato, e se não fosse prazeroso isso não aconteceria.



  • Cú No. 21





  • Cú No. 22





  • Cú No. 23





  • Cú No. 24





  • Cú No. 25


A sociedade e os meios de comunicação colocam como "normal" apenas o sexo heterossexual e, como se vê atualmente no Brasil, o sexo homossexual é tolerado desde que seja feito com discrição. Com o medo do preconceito e discriminação os homens sofrem escondendo de outras pessoas que elas sejam homossexuais, escondendo até mesmo ser homossexuais quando estão perante outros homossexuais. Então é de se entender como é difícil para um homem aceitar que gosta de fazer sexo com um travesti uma vez que até fazer sexo com um homossexual é psicologicamente difícil.


Fiquei muito feliz de ter conhecido esse amigo visitante do blog que revelou-se um apreciador de sexo com travesti. Gosto quando uma pessoa tem a sua sexualidade resolvida e que aproveita as várias possibilidades de obtenção de prazer com outro homem, ou com vários outros homens (= "menáge", "suruba"). Só posso desejar boa sorte e que seja feliz a cada passo da construção de sua história pessoal. Não vejo nada imoral ou desonroso naquela prática sexual do meu amigo visitante do blog, mesmo porque ele me disse que não há violência ou imposição de um parceiro sexual em relação ao outro. Devemos respeitar o direito, a liberdade, de cada homem escolher como deseja ser feliz. Um abraço.



  • Cú No. 26





  • Cú No. 27





  • Cú No. 28





  • Cú No. 29





  • Cú No. 30


Um comentário:

  1. meu e bem arrombado gosto de pau grosso que arrombe bem

    ResponderExcluir