O que você achou desta postagem?

domingo, 18 de agosto de 2013

Arrombando o cú


ARROMBANDO O CÚ


Em algum momento de sua vida um homem heterossexual descobre que sente desejo sexual por outro homem, ou seja, não se sente "gay" (se é que gay é algo que se sente...), apenas quer experimentar um outro tipo de relacionamento sexual, continuando clara e totalmente heterossexual.
 
Certos homens transam com homens e não consideram a si mesmos como homossexuais. Estavam apenas querendo fazer sexo e aproveitaram o que apareceu, no caso, um gay disponível. Depois de repetir uma ou mais vezes o ato sexual com outro homem não sentem que deixaram de ser heterossexuais.


video

Vídeo no. 1 - Parte 1 - 8 min 6 s - 33,9 Mb


video

Vídeo no. 1 - Parte 2 - 8 min 33 s - 35,8 Mb


video

Vídeo no. 1 - Parte 3 - 6 min 54 s - 28,8 Mb



Anal #1
Foda no. 1



Anal #2
Foda no. 2



Anal #3
Foda no. 3



Anal #4
Foda no. 4



Anal #5
Foda no. 5


A partir da consideração que existem homens com essa configuração fica a pergunta: será que há um método para um gay conseguir este tipo específico de macho? A resposta mínima, resumida, bem prática, posso afirmar que é sempre deixar eles pensarem que são eles que estão no controle, isto é, devemos criar a ilusão de que eles é que são os caçadores, mantendo-nos sempre no papel de caçados. 
 
Porque estes homens que são heterossexuais e têm prática sexual com outro homem, seja deixando-se masturbar e ser chupado ou fazer penetração anal, querem sempre estar no controle da situação. Querem fazer com outro homem tal como fazem com uma mulher. Não estranhe, contudo, que ao fazer o contato visual ou mesmo dizer "E aí, mano?" você perceber um distanciamento, é normal eles manterem uma posição de reserva.


video

Vídeo no. 2 - 9 min 14 s - 38,9 Mb



Anal #6
Foda no. 6



Anal #7
Foda no. 7



Anal #8
Foda no. 8



Anal #9
Foda no. 9



Anal #10
Foda no. 10


Tenha em mente que eles, os homens heterossexuais que fodem mulher e homem, estão profundamente cientes que devem exalar masculinidade, e seu papel de heterossexual exige que inicialmente as coisas não devam ser facilitadas para a caça... eles são durões. Sugiro que da primeira vez o gay fique por perto de modo que ele inevitavelmente, devido a esta proximidade, não tenha como fugir do contato visual ou verbal. Como eles são dominadores, territorialistas, há uma grande chance de que ele, em algum momento, perceba que você existe. Quando ele te olhar, por favor, nada de se derreter ou cantar vitória!
 
Ele te viu, ele ainda está muito longe de ser o seu macho. Procure criar um "rapport", palavra inglesa que significa ligação, compatibilidade, relação. Basicamente você nunca deve falar ou agir de modo que pareça estar confrontando-o, e como eu sei que você é gay e eu também sou gay eu sei que você vai querer mostrar o quão culto e moderno você é, mas isso não é uma boa estratégia pois nosso mundo "gay" vai chocar e afastar, não ajuda em nada a criar o rapport. Seu objetivo, claro, é chupar o pau dele e dar a bunda para ele, mas isso deve, por ora, ser o seu segredo.


video

Vídeo no. 3 - 8 min 18 s - 34,8 Mb



Anal #11
Foda no. 11



Anal #12
Foda no. 12



Anal #13
Foda no. 13



Anal #14
Foda no. 14



Anal #15
Foda no. 15


A partir do momento que você se tornou uma pessoa aceitável para ele você inicia para o "plano B" que é se insinuar sutilmente que tem gays por perto, podendo sugestionar que você e certamente ele não se sentem abalados com tal presença, lançando um vago "até é bom porque sobra mais mulher" e "se tiver homem querendo fazer-se de mulher, problema deles". Com humor faça diga se cachorro na rua come cachorro, homem pode comer homem e a vida continua.
 
Se o heterossexual já ficou com você até aqui é sinal de que ele está facilitando a realização dos seus desejos ocultos, bem, agora não estão tão ocultos assim. Não subestime a capacidade de um homem entender outro homem, ele já percebeu que você está a fim de ser a "mulher" dele. Solte um "homem gosta de mulher, mas você já ficou curioso como é homem fazer sexo com outro homem?" Não deixe ele tentar explicar, educadamente restrinja seus argumentos dizendo "Dois homens transando não fazem eles gay".


video

Vídeo no. 4 - 4 min 27 s - 18,8 Mb



Anal #16
Foda no. 16



Anal #17
Foda no. 17



Anal #18
Foda no. 18



Anal #19
Foda no. 19



Anal #20
Foda no. 20


Uma vez que ele tenha dissipado o constrangimento de que ao fazer sexo com você você possa pensar que ele é um gay, nem você nem ninguém estará questionando a masculinidade, melhor, a heterossexualidade dele. Porque fazer sexo com outro homem não é nenhum problema para ele, o problema é fazer sexo com outro homem e ter a sua sexualidade questionada. Estima-se que 9 em 10 homens deixam de fazer sexo com outro homem simplesmente porque não querem expor ao risco a sua sexualidade.
 
Não tem receita de bolo, relacionamentos são sempre complicados e cada caso é um caso, seja relacionamento homem + mulher ou homem + homem. Mas há uma grande probabilidade de que se você não fizer confrontos ou indiscrições sobre o gosto sexual dele, você conseguirá fazer sexo com este tipo de heterossexual. E outra coisa. Não espere envolvimento romântico com esse tipo de homem, ele não gosta de você (pelo menos não do jeito que você gostaria), ele quer apenas te usar. Se você quiser romance, leia um livro.


video

Vídeo no. 5 - 4 min 51 s - 20,6 Mb



Um comentário: