domingo, 7 de julho de 2013

Gay no futebol


GAY NO FUTEBOL


"O Brasil não é um país sério" é uma frase dita em 1962 pelo presidente francês General CHARLES DE GAULLE. Se vasculharmos a HISTÓRIA DA FRASE descobriremos que não foi ele quem disse. Porém ficou no imaginário popular que foi ele quem disse embora a frase tenha sido dita, isto sim, pelo embaixador brasileiro em Paris, Carlos Alves de Souza Filho. Seja lá quem disse, sinto dizer, a verdade é que o Brasil não é mesmo um país sério.


Vídeo 1 - 6 min 30 s - 25,4 Mb

video




Soccer #1




Soccer #2




Soccer #3




Soccer #4




Soccer #5


A Resolução n. 175 de 14 de maio de 2013, do Conselho Nacional de Justiça - CNJ tornou obrigatória a conversão de uniões estáveis homoafetivas em casamento civil nos cartórios de todo o Brasil e esta decisão tornou efetivo o casamento gay no Brasil. Mas há no Congresso Nacional proposta de projeto de lei acerca da "Cura gay". Dá pra levar à sério político que não aceita a igualdade civil?


Vídeo 2 - Parte 1 - 6 min 1 s - 24,9 Mb

video


Vídeo 2 - Parte 2 - 6 min 25 s - 24,9 Mb

video




Soccer #6




Soccer #7




Soccer #8




Soccer #9




Soccer #10


O machismo A homofobia por parte de políticos conservadores nada mais é do que uma reação à resolução do CNJ. Infelizmente não adianta a sociedade brasileira esperar que o Congresso Nacional faça mudanças no Código Civil realinhando o país à modernidade em relação ao gay que já é fato em vários países vizinhos. Em julho de 2010 o senado argentino aprovou a união homossexual e a presidente Cristina Kirchner sancionou a lei dias depois. A Argentina foi, então, o primeiro país latinoamericano a dar aos casais gays os mesmos direitos dos casais heterossexuais.


Vídeo 3 - 6 min 1 s - 25,1 Mb

video




Soccer #11




Soccer #12




Soccer #13




Soccer #14




Soccer #15


Já que mencionamos a Argentina é uma boa hora para dizer que a Argentina é, no futebol, o principal adversário do Brasil. Porque o Brasil não empata com a Argentina em termos de direitos civis gays? E já que falamos em futebol é sabido que há vários jogadores de futebol que são gays e não "saem do armário", mas isso está mudando. Vamos ver o que aconteceu no futebol inglês onde OITO JOGADORES REVELARAM AOS SEUS COLEGAS DE TIME A SUA SEXUALIDADE. Que tal os jogadores brasileiros aprenderem com os jogadores ingleses como assumir-se gay?


Vídeo 4 - Parte 1 - 6 min 12 s - 26,0 Mb

video


Vídeo 4 - Parte 2 - 6 min 37 s - 27,8 Mb

video


Vídeo 4 - Parte 3 - 6 min 21 s - 26,6 Mb

video


Vídeo 4 - Parte 4 - 6 min 33 s - 27,5 Mb

video




Soccer #16




Soccer #17




Soccer #18




Soccer #19




Soccer #20


Aconteceu assim: pelo menos oito jogadores profissionais de futebol atuantes nos principais times ingleses revelaram aos demais jogadores, e à direção do time, que eram gays pedindo o cuidado de que essa revelação não caísse na mídia por temerem alguma reação negativa. Temor que em geral não tem comprovação já que a mídia e a população, inclusive fans de futebol, ao saber desses atletas reagem positivamente acerca da condição sexual de seus ídolos.


Vídeo 5 - Parte 1 - 0 min 0 s - 25,4 Mb

video


Vídeo 5 - Parte 2 - 7 min 5 s - 29,6 Mb

video




Soccer #21




Soccer #22




Soccer #23




Soccer #24




Soccer #25


Estes jogadores de futebol gays ingleses que se assumiram dizem não houve constrangimento por parte dos demais jogadores enquanto estão no vestiário, principalmente estando nús enquanto vestem uniformes e tomam banho. Há no campeonato inglês um forte trabalho de luta contra a homofobia, dentro e fora do campo. O time do Arsenal tem um grupo de apoio aos gays chamado "GAY GOONERS" que quer mudar a atitude de quem pratica e gosta de futebol a respeito da homossexualidade. Vai, Brasil, está na hora de levar a sério gay no futebol!


Nenhum comentário:

Postar um comentário