domingo, 30 de junho de 2013

Ser uma pessoa melhor




SER UMA PESSOA MELHOR


De um site de relacionamentos recebo uma mensagem dizendo que nós tínhamos completa compatibilidade e por isso devíamos nos encontrar. De minha parte achei questionável a primeira proposição e factível a segunda, de modo que marquei hora e local e cheguei meia hora antes do horário combinado. Pessoalmente nosso encontro foi um erro, nada tínhamos em comum.


Couples 1



Se nos relacionamentos, principalmente quando de seu início, a gente não manifestasse um nível tão elevado de comparação, talvez houvesse uma maior chance de que o outro homem nos agradasse. Mas por conta da nossa natureza humana, que no gay fica até mais exacerbada, costumamos fazer uma idealização do outro homem que não encontra confirmação na vida real.


Couples 2



Fiquei pensando a respeito do porquê é tão difícil encontrar um cara para relacionamento, relacionamento fortuitos apenas baseado em sexo ou relacionamento afetivo, tipo namoro. E encontrei um texto na Web, atribuído a sua autoria ao filósofo Sócrates que viveu uns 400 anos Antes de Cristo. Este texto trata exatamente dessa nossa característica de querer julgar o próximo.


Couples 3



  AS TRÊS PENEIRAS DE SÓCRATES





Um jovem chamado Augustus procurou Sócrates e lhe disse:

_Sócrates, preciso lhe contar algo sobre um conhecido nosso. Você não imagina o que me contaram a respeito dele...

Nem chegou a terminar a frase porque Sócrates ergueu os olhos do livro que lia e disse:

_Espere um pouco, Augustus. O que vai me contar já passou pelo crivo das três peneiras?

_Peneiras? Que peneiras?

_Sim. A primeira, Augustus, é a peneira da VERDADE. Você tem certeza de que o que vai me contar é absolutamente verdadeiro?

_Não. Como posso saber? O que sei foi o que me contaram!

_Então suas palavras já vazaram a primeira peneira. Vamos então para a segunda peneira: a BONDADE. O que vai me contar, gostaria que os outros também dissessem a seu respeito?

_Não, Sócrates! Absolutamente, não!

_Então suas palavras vazaram, também, a segunda peneira. Vamos agora para a terceira peneira: a NECESSIDADE. Você acha mesmo necessário contar-me esse fato, ou mesmo passá-lo adiante? Resolve alguma coisa? Ajuda alguém? Melhora alguma coisa? _Não, Sócrates... Passando pelo crivo das três peneiras, compreendi que nada me resta do que iria contar.

E Sócrates, sorrindo, concluiu:

_Se passar pelas três peneiras, conte! Tanto eu, quanto você e os outros iremos nos beneficiar. Caso contrário, esqueça e enterre tudo. Será uma fofoca a menos para envenenar o ambiente e fomentar a discórdia entre irmãos. Devemos ser sempre a estação terminal de qualquer comentário infeliz!.


Couples 4



Eu fui ao encontro com um homem que me enviou uma mensagem por meio de um site de relacionamento e me decepcionei a respeito dele, acho que ele fez exatamente o mesmo a respeito de mim. Nem saí do shopping onde marcamos o encontro e comecei a censurá-lo por não ser o que eu esperava encontrar.


Couples 5



Fiz isso por impulso, mas eu devia ter interrompido meus pensamentos, passando meu julgamento da pessoa dele pelas três peneiras. Até porque "Pessoas sábias falam sobre ideias; pessoas comuns falam sobre coisas; pessoas medíocres falam sobre pessoas."





Uma coisa que eu percebo é que eu devo parecer mais simpático e jovem na Cam do que eu sou pessoalmente, assim explica-se, em parte, a reação dos homens que me pedem para ir ao seu encontro e quando estou junto acontece um desfecho, possível mas constrangedor, de eu não ser mais o que achavam que eu fosse.





EU NÃO QUERO QUE VOCÊ SINTA COMO EU,
SÓ QUERO QUE SINTA.



Um comentário: