segunda-feira, 13 de maio de 2013

Saboreando um cú

SABOREANDO UM CÚ



Vídeo 1 - 1 min 52 s - 8,0 Mb


Alguns gays, e bissexuais, gostam de estimular o ânus do parceiro. De um "inocente" encontro de 2 homens presumidamente destinado a acontecer uma foda entremeada por boquete, de repente, surge a oportunidade de acontecer o cunete. Tanto melhor já que dizem que entre 4 paredes vale tudo. O cú, como o cacete, é um lugar cheio de terminações nervosas que geram muito prazer. É um desperdício não usar o que a natureza nos deu.


Rim No. 1
Cú #1


Rim No. 2
Cú #2


Rim No. 3
Cú #3


Rim No. 4
Cú #4


Rim No. 5
Cú #5



Vídeo 2 - 3 min 16 s - 13,8 Mb


Embora haja caras que dizem logo o que querem, tipo "vira ai que vou chupar seu butão" eu acho que um pouco de discrição é bem-vinda. Ajoelhe-se na frente do cara e faça um delicioso boquete no pau dele, tendo em mente que você quer mais tarde saborear o cú do macho. Já ouviu falar que "não existe mulher que não dá, existe mulher mal cantada...?". Igualmente não existe homem que não goste de ter o cú saboreado, existe homem mal cantado!


Rim No. 6
Cú #6


Rim No. 7
Cú #7


Rim No. 8
Cú #8


Rim No. 9
Cú #9


Rim No. 10
Cú #10



Vídeo 3 - 5 min 14 s - 22,1 Mb


Evidentemente muitos homens ativos não gostam que toquem no seu cú, acho que por um machismo baseado na ideia de que quem tem que ter o cú tocado é o passivo. Mas isso é um equívoco. Certamente para saborear um cú de um cara "virgem" no cunete, é preciso muita paciência, ir deixando o cara louco de tesão de modo que ele fique mais receptivo a ser locado "lá". Não é impossível saborear o cú de um macho, só é mais complicado.


Rim No. 11
Cú #11


Rim No. 12
Cú #12


Rim No. 13
Cú #13


Rim No. 14
Cú #14


Rim No. 15
Cú #15



Vídeo 4 - 1 min 59 s - 8,6 Mb


Um cara passivo geralmente não vê nenhum problema em ter o seu cú chupado, lambido, mamado, invadido por língua e dedo. Mas um cara ativo a história é outra. Aconselha-se começar nas atividades sexuais normais que ele gosta, ou seja, chupe a rola dele, toque e lamba as bolas do saco dele, dê o cú para ele. Mas nunca, jamais, deixe ele gozar. Quando ele estiver "estourando" de tesão a chance dele aceitar ter o cú saboreado é bem maior.


Rim No. 16
Cú #16


Rim No. 17
Cú #17


Rim No. 18
Cú #18


Rim No. 19
Cú #19


Rim No. 20
Cú #20



Vídeo 5 - 2 min 33 s - 10,8 Mb


A distância entre o pau do ativo e o cú do ativo não é tão grande, portanto, você pode sorrateira e ardilosamente percorrer com a língua os poucos centímetros que separam o pau/saco e o cú dele. Faça um boquete caprichado intercalando umas lambidas e engolidas das bolas do saco dele, tudo feito com muito carinho, devagarzinho. Depois mova a boca para a região atrás do saco dele e lamba, deixando bem cheio de saliva. Ele vai sentir o calor e a pressão da sua língua, e vai gostar muito.


Rim No. 21
Cú #21


Rim No. 22
Cú #22


Rim No. 23
Cú #23


Rim No. 24
Cú #24


Rim No. 25
Cú #25



Vídeo 6 - 4 min 9 s - 17,6 Mb


Havendo pentelhos na região entre o saco e o cú, você deve molhar de saliva e ir endireitando os pelos na direção das coxas, como se você estivesse abrindo caminho. Se o ativo já deixou você fazer isso, bom sinal, continue, contudo, por prevenção a riscos dele recusar você ir mais além, pergunte todo meigo e humilde se ele está gostando e se ele quer mais. Você está na verdade pedindo permissão, afinal, o cú do ativo é um troféu que ele não permite acesso a qualquer um.


Rim No. 26
Cú #26


Rim No. 27
Cú #27


Rim No. 28
Cú #28


Rim No. 29
Cú #29


Rim No. 30
Cú #30



Vídeo 7 - 4 min 5 s - 17,2 Mb


Se ele não responder já é uma resposta afirmativa então você continue. Se ele falar que não gosta ou que não quer, volte a mamar o pau dele até deixar no ponto de bala e em seguida, dê o seu cú para ele. Assim logo ele vai ter esquecido o seu "atrevimento" e tudo ficará bem. Se você não conseguir saborear o cú do seu ativo, relaxe, não esquente, o que vale é que você tentou, fracasso é não tentar. Satisfaça todas as vontades dele e ele vai te ver com outros olhos, quem sabe, da próxima vez ele ceda à vontade de receber um cunete.


Nenhum comentário:

Postar um comentário