quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Sexo por $


O assunto é muito sério e vou abordá-lo do meu ponto de vista, que não é o único e nem o melhor, e é sobre mulheres que fazem sexo por dinheiro. Resolvi fazer um comentário acerca do assunto depois de saber que houve um concurso de Miss Prostituta aqui em Belo Horizonte, dia 1 de outubro de 2012. O Miss Prostituta aconteceu 2 dias depois do concurso que elegeu a Miss Brasil, este na cidade de Fortaleza.


De acordo com a reportagem Belo Horizonte tem 80 mil prostitutas e cotejando dados do último censo do IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, em 2010 tinha 879.334 mulheres acima de 19 anos na cidade. Assim sendo, 80 mil prostitutas representam 9% da população de mulheres acima de 19 anos de idade. Portanto 9 em cada 100 mulheres fazem sexo por dinheiro atuando como prostitutas em Belo Horizonte.

FONTE DA FOTO: Site de acompanhantes ÁGUA NA BOCA BH

Não posso esclarecer como foi detectado a quantidade de 80 mil prostitutas apontadas na reportagem. Acredito que esse dado refere-se tão somente às mulheres no exercício exclusivo da "profissão" de prostitutas. Quer seja um valor subestimado ou superestimado o que importa é que a prostituição é um meio de vida para muitas mulheres e eu sou a favor da regulamentação da profissão de prostituta.


E ouso ir além, sou a favor da regulamentação dos bordéis e das agências de acompanhantes, e outros possíveis locais onde ou para quem elas trabalhem. Não adianta nada a prostituta estar amparada na lei como profissional do sexo e a casa onde ela trabalha não ser. Você pode achar que estou delirando ao apresentar essas minhas convicções, mas na Austrália há lugares onde a prostituição é legal e regulamentada. Saiba mais em em PROSTITUTION IN AUSTRALIA.

FONTE DA FOTO:HIPERNOVAS

Há que ressaltar que no Brasil a prostituição de rua não é ilegal, diferentemente dos Estados Unidos da América onde os 50 estados criminalizam a sua prática. No Brasil é proibido manter casa de prostituição, contudo é fato público a existência de hotéis de alta rotatividade onde as prostitutas oferecem seus serviços. A reportagem da TV Alterosa mostrou, muito provavelmente,  prostitutas da "zona" que fica no quarteirão vizinho ao shopping.


Gostaria de colocar um link que direciona à lei australiana que regula a profissão de prostituta bem como o funcionamento das casas de prostituição. Eu entendi que o evento do Miss Prostituta BH teve como principal  objetivo trazer à discussão a legalização da prostituição e seria bom que a lei PROSTITUTION ACT 1992 servisse de fonte para ajudar na concretização dessa justa reivindicação.


Eu como um homem 100% gay nunca tive relações sexuais com mulheres e não entendo nada de mulher. Mas isso não me redime de defender as mulheres (desde que não estejam a fim do meu homem). Acredito que nós homossexuais temos a obrigação de desejar justiça e respeito a quem tem um comportamento sexual diverso do paradigma vigente, como é o nosso, como é o das prostitutas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário