sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Vivendo a vida louca

VIVENDO A VIDA LOUCA

Hoje, quase 7 horas da noite, acabou a reforma aqui em casa. Foi uma semana inteira de poeira e barulho, mas valeu a pena, ficou do jeito que eu queria. Pena que o pedreiro e o ajudante de pedreiro foram indicados pela minha irmã, o que foi um impedimento para eu tentar conseguir um boquete ou uma foda.

4 min 20 s - 14,4 Mb



2 min 0 s - 8,3 Mb

Não foi o caso de um pedreiro que veio fazer um serviço na casa do bairro de Nova Campinas, o bairro onde fica o Shopping Iguatemi. Isso aconteceu acho que em 1978 ou 1979, quanto tempo! Eu tinha um amigo gay que me convidou para morar numa casa que ele tinha alugado, mas se sentia muito sozinho, além do que ele antes morava com a família e não estava acostumado a viver sem companhia.

4 min 0 s - 13,1 Mb



5 min 0 s - 20,2 Mb

O relevo do bairro Nova Campinas é acidentado, quero dizer, há uma acentuada diferença de nível entre as casas da rua, de modo que a casa vizinha tinha um jardim e a água da chuva infiltrava na parede da nossa casa. A água acabava passando a parede e acarretou a necessidade da gente chamar um pedreiro para fazer o conserto.


4 min 44 s - 19,9 Mb



4 min 27 s - 20,6 Mb

Nós dois trabalhávamos em banco com jornada de duração de 6 horas, só que o meu horário de trabalho era diferente do que o Newton fazia (Newton era o meu amigo gay, não era meu caso, era amigo). Por esta razão tivemos que combinar em qual horário o pedreiro viria, e como eu fazia o curso de engenharia eu aceitei que o pedreiro viesse fazer o serviço quanto eu estivesse em casa.


3 min 03 s - 12,7 Mb



1 min 15 s - 4,7 Mb

Não vou negar, eu desde o começo tive a intenção de tentar fazer sexo com o pedreiro, antes mesmo de conhecê-lo. Quando o Newton fez o pedreiro entrar pelo portão da casa, aí é que eu fiquei mais motivado em "atacá-lo". Ele era branco, louro, baixinho, magro, e, principalmente, não tinha ideia que tinha viado na casa! E você sabe: "Viado do lado, perigo dobrado".


2min 23s - 9,7 Mb



7 min 05 s - 22,0 Mb

Tem aquele negócio de ficar por perto do pedreiro para orientar, dar água e café, perguntar se precisa de algo e por ai vai. Nisso ele ficou mais à vontade comigo, porém eu comecei a insinuar que ele poderia ganhar algum dinheiro me mostrando o pau dele. Pensei que ele ia abandonar o serviço e ainda se queixar com o Newton.


4 min 58s - 20,6 Mb



3min 0s - 17,2 Mb

O Newton ia ficar chateado com a minha atitude, e ficar sem arrumar a infiltração. O pedreiro disse "Não faço isso!" no primeiro dia, mas no segundo, depois de pensar como o dinheiro é solução, topou e b abaixou a calça e a cueca. Decepção total. O pinto dele era muito pequeno, não era nem mesmo proporcional ao biotipo dele. Eu paguei e não fiz nada mais. Nem se eu tivesse um binóculo em casa.

2 comentários:

  1. beaga...
    eu sou o fabricio, pai do eterno nenoo. lembrou?
    cara, semana atras uma mestiça pequenina apareceu lá no escritório num dia de muito sol.. estava sedenta, faminta e com "n" problemas na pele.... imagina só... eu acolhi, levei ao veterinario e hj ela já faz parte da familia. Tem 9 meses mais ou menos, branca, com as patinhas e peito preto, chama-se Gilda, a gnt apelidou de GIL...
    ei... os pedreiros da sua reforma eram apetitosos ? será que por baixo da roupa havia algo interessante, ao contrario do cara de campinas ? Rssrs
    abracao

    ResponderExcluir
  2. Fabrício, seja feliz você e Gil por muitos e muitos anos. Vai um texto de autor desconhecido chamado "Coisas de cachorro".

    Se um cachorro fosse seu professor, você aprenderia coisas assim:

    Quando alguém que você ama chega em casa, corra ao seu encontro.
    Nunca perca uma oportunidade de ir passear de carro.
    Permita-se experimentar o ar fresco do vento no seu rosto.
    Mostre aos outros que estão invadindo o seu território.
    Tire uma sonequinha no meio do dia e espreguice antes de levantar.
    Corra, pule e brinque todos os dias.Tente se dar bem com o próximo e deixe as pessoas te tocarem.
    Não morda quando um simples rosnado resolve a situação.
    Em dias quentes, pare e role na grama, beba bastante líquidos e deite debaixo da sombra de uma árvore.
    Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.
    Não importa quantas vezes o outro te magoa, não se sinta culpado... volte e faça as pazes novamente.
    Aproveite o prazer de uma longa caminhada.
    Se alimente com gosto e entusiasmo.
    Coma só o suficiente.
    Seja leal.
    Nunca pretenda ser o que você não é.
    E o MAIS importante de tudo...
    Quando alguém estiver nervoso ou triste, fique em silêncio, fique porperto e mostre que você está ali para confortar.
    A amizade verdadeira não aceita imitações!!!

    ResponderExcluir