O que você achou desta postagem?

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Amor de Perdição - Parte 1

AMOR DE PERDIÇÃO

Há na língua portuguesa alguns livros clássicos que são constantemente indicados a sua leitura aos estudantes, inclusive aqueles que estão se preparando para ingressar na universidade. A recomendação não fica só na necessidade da sua leitura, mas da sua compreensão. São livros fáceis de encontrar em livrarias e bibliotecas, portanto, são bem acessíveis.


A dificuldade maior encontrada nos livros clássicos reside na dificuldade da compreensão do texto em função da existência de termos incomuns, estranhos e até incompreensíveis para o leitor moderno. Certamente, como acontece frequentemente às línguas modernas, há uma dinâmica criativa que acaba tornando alguns termos antiquados ou até moribundos.

Camilo Castelo Branco nasceu na Rua da Rosa,
atualmente com o nº 5
Sendo Amor de Perdição uma obra de 1862, escrita por CAMILO CASTELO BRANCO, no português de Portugal, que an passant já é diferente do português do Brasil, o leitor depara-se com a temível vontade de desistir da leitura, ou pior, de fazê-la aos trancos e barrancos, como numa corrida de obstáculos. Infeliz corrida, onde o leitor vai pulando e ignorando os obstáculos, obstáculos estes que seriam os termos que ele desconhece seu significado.

Detalhe da fachada da casa na Rua da Rosa (Autor da foto:SARA CARVALHO
A minha intervenção com relação à Amor de Perdição é no sentido de esclarecer os vocábulos e expressões que não são de fácil entendimento. Vou seguir o esquema que fiz com A MORENINHA, isto é, vou dedicar várias postagens a fim de cumprir o trabalho, sendo esta a "Parte 1". Espero que se você notar alguma incorreção na explicação, por gentileza, me avise em beaga24@gmail.com, eu ficarei muito agradecido.

Camilo Castelo Branco, foto de 1861
Não vou contar a história, apenas dizer que trata-se de um relato de uma história de amor que leva à morte. Sugiro a leitura do resumo que está em VESTIBULAR - UOL. Você pode ler o texto integral disponibilizado em AMOR DE PERDIÇÃO - SCRIBD, o qual você pode inclusive fazer o download ou imprimir. Você pode também baixar no formato PDF em AMOR DE PERDIÇÃO - DOMÍNIO PÚBLICO. Uma biografia resumida está disponível em CAMILO CASTELO BRANCO - INFOPÉDIA.


Inúmeras são as edições desta obra e a numeração das páginas que estou dispondo são as do livro que li. A numeração exposta na postagem, portanto, é tão somente para servir de localização dos termos.

INTRODUÇÃO

Página 7:

BAETÃO: pano feito de lã felpuda
"...vestido com jaqueta de baetão azul,..." = "...vestido com jaqueta de lã azul,..."

FUSTÃO: tecido de algodão com relevos em paralelo
"...colete de fustão pintado..." = "...colete de algodão pintado..."

PEDRÊS: listas pretas e brancas
"...e calça de pano pedrês." = "...e calça de pano pintado com listas pretas e brancas.

ASSENTO: registro
"E fiz este assento,..." = "E fiz este registro dos acontecimentos,..."

FIAR: confiar, acreditar
"Não seria fiar demasiadamente na sensibilidade..." = "Não seria acreditar demasiadamente na sensibilidade..."

ARREBOL: aurora, amanhecer
"O arrebol dourado e escarlate da manhã da vida!" = "O amanhecer dourado e escarlate da manhã da vida!" - uma referência à beleza que é a fase da juventude.

LOUÇANIAS: adornos
"As louçanias do coração..." = "Os adornos do coração..."

SAZÃO: estação
"...como flor da mesma sazão..." = "...como flor da mesma estação..."

COMPUNGIRIA: comover, sensibilizar
"O leitor decerto se compungiria;..." = "O leitor decerto se comoveria;..."

Página 8:

ACAREAR: atrair
"...uma história que me pode acarear enojos..." = "...uma história que me pode atrair enojos..."

ENOJOS: enjoos, náuseas
"... acarear enojos dos frios julgadores do coração..." = "...atrair náuseas dos frios julgadores do coração..."

LAVRAR: escrever
"...e das sentenças que eu aqui lavrar ..." = "...e das sentenças que eu aqui escrever..."

CAPÍTULO 1

Página 9

FIDALGO: nobre
"...fidalgo de linhagem..." = "...nobre de linhagem..."

LINHAGEM: genealogia, família
"...fidalgo de linhagem..." = "...de família nobre..."

SOLARENGOS: solar, residência
um dos mais antigos solarengos ..." = "...uma das mais antigas residências..."

JUIZ DE FORA: juiz de direito, um magistrado que faz julgamentos
"....juiz de fora de Cascais,..." = "...magistrado lotado na cidade de Cascais,..."

CAPITÃO DE CAVALOS: patente de capitão na Companhia de Cavalos
"...filha dum capitão de cavalos,..." = "...filha de um tenente que servia na Companhia de Cavalos,..."

JERARQUIA: hierarquia, posição
"...tem notável por sua jerarquia ,..." = "...tem notável importância devido a sua posição de tenente,..."

BACHAREL: formado em curso superior
"...consumira em Lisboa o bacharel..." = "...fez em Lisboa o curso superior..."

PROVINCIANO: mais simples, sem especialização
"...consumira em Lisboa o bacharel provinciano." = "...concluiu em Lisboa o curso superior sem complementar com uma especialização."

INCULCAR: impor, se fazer aceitar
"Para se inculcar como partido conveniente..." = "Para se fazer aceitar como um candidato a marido conveniente..."

TRINTA MIL CRUZADOS: o cruzado novo era a moeda vigente na época, sendo que em 1779 30 mil cruzados eram suficientes para comprar aproximadamente 23,450 gramas de ouro. Ao preço de hoje 30 mil cruzados equivaleriam a vinte e nove mil reais.

ALCANÇADÍSSIMO: endividado, em falta
"...era alcançadíssimo de inteligência,..." = "...tinha falta de inteligência,..."

GRANJEARA: conseguir
"...e granjeara entre os seus condiscípulos..." = "...e conseguira entre os seus condiscípulos..."

CONDISCÍPULOS: colegas de escola
"...entre os seus condiscípulos da Universidade..." = "...entre os seus colegas da Universidade..."

EPÍTETO: alcunha, apelido
"...o epíteto de brocas,..." = "...o apelido de brocas,..."

DERIVADO: proveniente
"Bem ou mal derivado,.." = "Bem ou mal proveniente..."

BROA: pão feito de milho. Parece que a intenção do apelido é a de menosprezar Domingos Botelho.

PRIMEIRA FLAUTA: o principal flautista, escolhido por ser o mais habilidoso
"...foi a primeira flauta do seu tempo;..." = "...foi o melhor flautista do seu tempo;..."

Página 10

LER: trabalhar como magistrado
"...e fora a Lisboa ler no Desembargo do Paço,..." = "...e foi ser juiz no Desembargo do Paço,..."

DESEMBARGO DO PAÇO: na época o tribunal mais importante de Portugal.
"...e fora a Lisboa ler no Desembargo do Paço,..." = "...e fora magistrar no principal tribunal de Lisboa,..."

ACEITE: aceito
"...fora bem aceite em Lisboa,..." = "...foi bem aceito em Lisboa,..."

MORMENTE: principalmente
"...e mormente ao duque de Aveiro,..." = "...e principalmente foi bem aceito pelo duque de Aveiro,..."

TENTATIVA REGICIDA: em 3 de setembro de 1758 o rei José I de Portugal escapa a uma tentativa de assassinato e entre vários nobres o Duque de Aveiro e seus familiares e amigos próximos foram acusados da sua organização.

JUNQUEIRA: prisão a uns 35 quilômetros ao norte da cidade do Porto

ILIBADO: sem culpa, reabilitado
"...saiu das masmorras da Junqueira ilibado da infamante nódoa,..." = "...saiu das masmorras da Junqueira reabilitado da infamante nódoa,..."

NÓDOA: falha na reputação, infâmia
"...ilibado da infamante nódoa,..." = "...inocentado da infamante má reputação,..."

PRIMOR: qualidade, excelência
"...na prova que este fizera do primor de sua genealogia sobre a dos..." = "...Domingos Botelho reconhecia que ao escolher ser amigo do conde de Oeiras que este tinha uma genealogia mais excelente que as dos..."

PLEITO: questão
"...pleito ridículo,..." = "...questão ridícula,..."

>RIDÍCULO: digno de riso, insignificante
"...pleito ridículo,..." = "...questão sem importância,..."

FACÉCIAS: zombarias
"...fazia rir a rainha com as suas facécias,..." = "...fazia rir a rainha com as suas brincadeiras zombeteiras,..."

FIARA: certificar, aprovar
"...fiara de suas letras o encargo de juiz de fora de Cascais." = "...aprovava com sua assinatura o cargo de juiz de fora para Domingos Botelho na cidade de Cascais."

LUÍS DE CAMÕES: poeta português, na época falecido a mais de 200 anos.

BERNARDIM RIBEIRO: poeta português, na época falecido a mais de 200 anos.

BEM-QUERENÇA: estima
"...e captando a bem-querença da rainha..." = "...e captando a estima da rainha..."

DOUTOR BEXIGA: apelido provavelmente por fazer a rainha ficar com bexiga solta de tanto rir

RIXADOS: disputado
"...a discórdia em que andam rixados o talento e a felicidade." = "...a discórdia que andam em disputa o talento e a felicidade." A frase diz repeito a situação na qual Domingos Botelho preferia ficar na companhia da rainha, o que lhe razia felicidade, em vez de usar seu talento de magistrado.

AVOENGOS: antepassados
"...se não é dote uma série de avoengos,..." = "...se não é herança um monte de parentes velhos,..."

FRIGIDO: fritado
"...e entre os quais o que morrera frigido em caldeirão..." = "...e entre os quais o que morrera fritado num caldeirão..."

MOURISMA: moura, muçulmana
"...de não sei que terra da mourisma,..." = "...de não sei que terra muçulmana,..." . Os habitantes do norte da África eram muçulmanos e haviam dominado a região de Portugal e Espanha até 1492, portanto o fato mencionado já havia acontecido a uns 300 anos.

DITOSA: abençoada
"A dama do paço não foi ditosa com o marido." = "Dona Rita Preciosa não foi uma benção na vida do marido."

FEIÇÃO: afeição
"...e dos amores de sua feição e malde,..." = "...e dos amores de sua afeição e malde,..."

MALDE: antipatia
"...e dos amores de sua feição e malde,..." = "...e dos amores de sua afeição e antipatia,..." (observação: malde pronuncia-se maldê)

IMOLOU: sacrificar, matar
"...que imolou ao capricho da rainha." = "...(amores) que teve que terminar por causa de caprichos da rainha."

EMPRECEU: empecer, prejudicar, dificultar
"Este desgostoso viver, porém, não empreceu que se reproduzissem em dois filhos e três meninas." = "Este desgostoso viver (de sujeição aos caprichos da rainha), porém, não a impediu de ter 5 filhos."

BANCO: local de trabalho
"...solicitando lugar de mais graduado banco,..." = "...solicitando (favores provavelmente à rainha ou aos ministros dela) de lhe ser dado um juizado numa comarca mais importante,..."

BALANCEADO DA FORTUNA: favorecido pela sorte de poder obter favores de terceiros
"Conseguiu ele, sempre balanceado da fortuna,..." = "Conseguiu ele, sempre com ajuda de outros,..."

Página 11

LÉGUA: na época equivalia a 5 quilômetros
"A distância duma légua de Vila Real..." = "A uma distância de 5 quilômetros de Vila Real..."

LITEIRA: carruagem; espécie de casinha com assentos no seu interior que animais ou homens carregavam segurando em apoios que existiam em cada lado, na parte da frente e de trás do veículo
"Cada família tinha a sua liteira com o brasão da casa." = "Cada família tinha o seu veículo de transporte com o brasão da casa."

FEITIO: configuração, aparência
"A dos Correias de Mesquita era a mais antiquada no feitio,..." = "A dos Correias de Mesquita era a que tinha a aparência de mais antiquada,..."

LIBRÉS: farda, vestimenta
"...e as librés dos criados as mais surradas..." = "...e as roupas dos criados as mais surradas..."

SURRADAS: gastas, velhas
"...e as librés dos criados as mais surradas..." = "...e as roupas dos criados eram as mais gastas..."

TRAÇADAS: consumidas
"...as mais surradas e traçadas que figuravam na comitiva." = "...as mais gastas e consumidas que se mostravam na comitiva."

COMITIVA: grupo formado para recepcionar e homenagear visitantes
"...que figuravam na comitiva." = "...que se podiam notar entre os presentes do grupo formado para receber Domingos Botelho e Dona Rita Preciosa."

PRÉSTITO: fila, cortejo
"D. Rita, avistando o préstito das liteiras,..." = "D. Rita, avistando o cortejo das liteiras,..."

OIRO: ouro
"...a sua grande luneta de oiro,..." = "...a sua grande luneta de ouro,..."

CHISTE: gracinha, zombaria
"O marido achou que devia rir-se do chiste,..." = "O marido achou que devia rir-se da zombaria,..."

APEAVA: sair de um lugar de modo a conseguir por os pés no chão
"...que apeava da liteira,..." = "...que saiu da liteira,..."

A OLHO ARMADO: usando óculos
"...contemplou-lhe a olho armado..." = "...colocou seus óculos para dar uma boa inspeção..." (provavelmente D. Rita Preciosa não usasse a todo momento seus óculos, o fez na ocasião para ver melhor o seu sogro)

BOLSA DO RABICHO: bolsa feita de couro de touro onde os pelos foram deixados bem baixos
"...e a bolsa de rabicho." = "...e a bolsa que carregava junto à cintura."

AVOENGA: antepassada, antiga
"Antes de entrar na avoenga liteira..." = "Antes de entrar naquele velha carruagem,..."

REFALSADA: insincera, hipócrita
"...com a mais refalsada seriedade,..." = "...com a mais insincera seriedade,..."

ASSEVEROU: assegurar, garantir
"Fernão Botelho asseverou a sua nora que..." = "Fernão Botelho garantiu a sua nora que..."

MACHOS: cavalos que carregam a liteira, um vai na frente e outro vai atrás da carruagem
"...e que os machos não excediam a trinta." = "...e que os cavalos não tinham ainda 30 anos de idade." (Um cavalo vive, em média, 25 anos, de modo que os cavalos de Fernão Botelho já estavam beirando a hora da morte)

ALTIVO: arrogante
"O modo altivo como ela recebeu as cortesias..." = "O modo arrogante como ela recebeu as cortesias..."

D. DENIZ: DOM DINIZ foi o rei de Portugal que fundou a VILA REAL, em 1289. (Portanto a "velha nobreza" era velha mesmo, já tinha uma história de 500 anos)

SOBERBA: arrogância
"...porém, da soberba com que nos tratou..." = "...porém, com a arrogância com que nos tratou..."

REPICARAM: tocaram
Repicaram os sinos da terra..." = "Tocaram os sinos da terra..."

TERRA: vila
"Repicaram os sinos da terra..." = "Tocaram os sinos da igreja da vila..."

ASSOMOU: subir a um lugar alto
"...quando a comitiva assomou à Senhora de Almudena." = "...quando o grupo formado para receber Domingos Botelho e D. Rita Preciosa foi subindo o morro que leva à igreja de Nossa Senhora de Almudena.

AIA: dama de companhia
"A aia do paço relanceou os olhos..." = "A dama de companhia do paço relanceou os olhos..."

PAÇO: palácio
"A aia do paço relanceou os olhos..." = "A dama de companhia da rainha relanceou os olhos..."

VIVENDA: morada, habitação
"É uma bonita vivenda..." = "É uma bonita casa..."

MAFRA, SINTRA, BEMPOSTA, QUELUZ: palácios situados nessas localidades. PALÁCIO DE MAFRA fica a 25 km de Lisboa; PALÁCIO DE SINTRA fica em Lisboa; PALÁCIO DA BEMPOSTA fica em Lisboa; PALÁCIO DE QUELUZ fica na cidade de Queluz a 16 km de Lisboa.

AFEITA: acostumada
"...uma esposa delicada e afeita às almofadas do palácio dos reis." = "...uma esposa delicada e acostumada a recostar-se nas almofadas dos palácios na qual servia como dama de companhia da rainha."

Página 12

CONFORMOU-SE: condescender, ser tolerante
"Domingos Botelho conformou-se com... " = "Domingos Botelho tolerou as queixas..."

ESTREMECIDA: abalada
"Domingos Botelho conformou-se com a estremecida consorte,..." = "Domingos Botelho levou em consideração as reclamações da abalada consorte,..."

CONSORTE: cônjuge, esposa
"...com a estremecida consorte,..." = "...com a esposa incomodada com a situação precária da casa,..."

SUBSÍDIO: ajuda financeira (a pronúncia correta é com "S", subs + sídioi)
"...e obteve generoso subsídio..." = "...e obteve uma grande quantia de dinheiro..."

ULTIMOU: terminou
"...com o que ultimou a casa." = "...com o que terminou de construir a casa."

DÁDIVA: doação
"As varandas das janelas foram a última dádiva que a real viúva..." = "As varandas instaladas nas janelas foram construídas pela doação de mais dinheiro da real viúva..."

D. MARIA I: No Brasil é conhecida como D. Maria "A Louca" devido a doença mental que lhe acometeu em 1792 até os seus últimos anos de vida. Provavelmente na ocasião da doação do dinheiro para a construção das varandas D. Maria I não estava louca, já que a doação ocorreu mais ou menos em 1785 e D. Maria I ficou louca em 1792.

PEDRA DE ARMAS: também chamado de brasão de armas é um desenho que obedecendo às leis da heráldica com a finalidade de identificar a família de Domingos Botelho
"Domingos Botelho mandara esculpir em Lisboa a pedra de armas;..." = "Domingos Botelho mandara esculpir em Lisboa o brasão identificador de sua família;..."

ESQUARTEASSEM: reservar um espaço no brasão
"...que no escudo se esquarteassem também as suas;..." = "...que no brasão tivesse esculpido também  um desenho mostrando a identificação da família dela;..."

SEM ARMAS: sem afixar sobre a porta principal o brasão
"Resultou daqui ficar a casa sem armas..." = "Resultou da reclamação de D. Rita Preciosa que não se mandou afixar a escultura do brasão sobre a porta principal..."

APRUMO: altivez, arrogância
"O aprumo da fidalga dobrou-se até aos grandes da província,..." = "A altivez de D. Rita Preciosa subiu até equiparar-se com a altivez dos mais nobres da província,..."

CORTE: conjunto de pessoas (a pronúncia é côrte)
D. Rita tinha uma corte de primos,..." = "D. Rita tinha um punhado de primos,..."

CABALMENTE: completo
"...para cabalmente e encher o coração de sua mulher." = "...para dar completa satisfação o coração de sua mulher."

INJURIADA: insultada, ofendida
"...se desse por injuriada da suspeita." = "...se desse por insultada com a suspeita do marido."

FRÍGIDO: fritado
"A neta do general frígido no caldeirão sarraceno..." = "A neta do general que foi fritado num caldeirão sarrareno..."

SARRACENO: mouro, muçulmano de tribos nômades que haviam invadido a Península Ibérica, mas na época já haviam sido expulsas
"...no caldeirão sarraceno..." = "...no caldeirão de inimigos invasores..."

ERRIÇAVAM: erriçar, arrepiar
"...que, por amor dela, erriçavam e empoavam as cabeleiras..." = "...que, por amor dela, arrepiavam e empoavam as cabeleiras..."

EMPOAVAM: colocar pó
"...que, por amor dela, erriçavam e empoavam as cabeleiras..." = "...que, por amor dela, dava uma penteada e colocava pó de arroz nos cabelos..." (na época era modismo entre os nobres os cortes de cabelo à moda francesa)

ESTREPITOSAMENTE: ruidosamente
"...e cavaleavam estrepitosamente na calçada..." = "...e andavam à cavalo fazendo muito ruido na rua..."

GINETES: cavalo novo, de boa raça, bem adestrado
"...na calçada os seus ginetes,..." = "...na rua os seus cavalos,..."

PICADORES: soldado que à cavalo vai abrindo caminho no mato, abrindo picadas, ou seja, tirando os obstáculos
"...fingindo que os picadores da província..." = "...fingindo que os oficiais que andam a cavalo da província..."

MARQUÊS DE MARIALVA: nobre que viveu uns 100 anos antes e que lutou heroicamente pela independência de Portugal, montado em seu cavalo

ENFADADA: entendiada
"...e mais enfadada no trato íntimo." = "...e mais entediada quando do contato físico com o seu marido."

DISFORME: grotesco, feio
"...entre o esposo disforme e a esposa linda,..." - "...entre o esposo feio e a esposa linda,..."

FÁBULA: história imaginária contendo uma crítica moral
"...com quanto fosse da fábula,..." = "...mesmo sendo uma história fictícia,..."

VÊNUS, VULCANO: ambos deuses da mitologia grega. Vulcano era um deus que forjava e lançava raios sobre a Terra, marido da lindíssima Vênus, era considerado o mais feio dos deuses.

COXO: capenga, desequilibrado
"...que o ferreiro coxo..." = "...que o ferreiro com um problema nas pernas..."

Página 13

PERFÍDIA: deslealdade, traição
"Entre si, dizia ele, que, erguido o véu da perfídia,..." = "Entre si, dizia ele, que, descoberta a traição,..."

RATOEIRAS: armadilhas
"...nem armaria ratoeiras aos primos." = "Nem faria armadilhas para pegar os primos de D. Rita (que invejavam D. Domingos Botelho por ser ele o marido de D. Rita)"

BACAMARTE: arma de fogo feita com cano curto
"A par do bacamarte de Luís Botelho,..." = "Ao lado da arma de fogo que era de Luís Botelho,..."

ALFARES: o posto militar de alferes
"...que varara em terra o alfares,..." = "Que acertando fez cair ao chão o alferes,..."

DIGESTO, ORDENAÇÕES DO REINO: Digesto é uma obra do direito civil do século VI elaborada durante o governo do imperador romano Justiniano em cujo artigo 48.5.12.4 aborda a questão do adultério e que se manteve como lei naquela época em Portugal. Ordenações do Reino foram as primeiras leis adotadas em Portugal, a partir de 1512 e ainda eram válidas naquela época. "

PROVEDOR: provedor de justiça, cargo público destinado à defesa dos direitos, liberdades e garantias dos cidadãos
"...foi nomeado provedor para Lamego." = "...foi nomeado provedor de justiça na cidade de Lamego."

SOBERBA: arrogância
"...e duradoura memória da sua soberba,..." = "...e duradoura memória da sua arrogância,...

ENFADAR: aborrecer, chatear
"Duas contarei somente para não enfadar." = "Contarei duas anedotas para não aborrecer o leitor com histórias compridas demais."

VITELA: bezerra nova
"...manda-lhe o presente duma vitela,..." = "...manda-lhe como presente uma bezerra nova,..."

DESGARRAR: afastar
"...para não desgarrar a filha." = "...para a vaca não se afastar da bezerra (a vaca tendo parido recentemente continuar dando leite a sua cria)"

LOJA: curral
"Domingos Botelho mandou recolher à loja a vitela e a vaca,..." = "Domingos Botelho mandou colocar no curral a bezerra nova e a vaca,... (a intenção de quem deu a bezerra era fazer acompanhar a vaca para a vaca dar de mamar à bezerra, porque a bezerra ainda era nova. A partir do momento que fosse decidido abater a bezerra a vaca deveria ser devolvida)"

PASTÉIS: no Brasil pastéis são feitos de massa de trigo foleada, dobrada ao meio revestindo o recheio geralmente de carne ou queijo. Em Portugal é um bolo cozido no forno com recheio de picado de carne ou de peixe
"...um presente de pastéis em rica salva de prata." = "...um bolo de presente servido em uma rica salva de prata."

SALVA: bandeja
"...em rica salva de prata." = "...em uma valiosa bandeja de prata."

ESCÁRNIO: zombaria, troça
"...dizendo que receberia como escárnio um presente de doces..." = "...dizendo que achava que alguém dar doces a ele era uma zombaria que alguém estava fazendo com ele..."

PATACÕES: moeda de cobre. Dez patacões ao preço de hoje valeriam aproximadamente R$8,50.
"...que valiam dez patacões,..." = "...que valiam oito reais,..."

CONTINENTE: o objeto que contém algo
"...de ficar alguém com o conteúdo e continente,..." = "...de uma pessoa reter o bolo (conteúdo) e a bandeja (continente),..."

FILÁUCIA: altivez, arrogância
"...desdenhou a filáucia da dama do paço,..." = "...desdenhou a arrogância da dama do paço,..."

ESMERILHAR: esquadrinhou, apurou
"...e esmerilhou certas vergônteas podres,..." = "...e apurou certas vergônteas podres,..."

VERGÔNTEAS: rebentos, brotos
"...e esmerilhou certas vergônteas podres do trnco dos Botelhos Correais de Mesquita,..." = "...e apurou certos parentes com uma história desabonadora na família dos Botelho Correais de Mesquita,..."

DESPRIMORANDO-LHE: desqualificando
"...desprimorando-lhe as cãs com o fato de..." = "...desqualificando-lhe as cãs com o fato de..."

CÃS: antiguidade
"...desprimorando-lhes as cãs..." = "...desqualificando a vantagem da antiguidade da família Botelho Correais de Mesquita..."

Página 14

ASSUADAS: arruaça, algazarra
"...provocando-os à luta com assuadas." = "...provocando brigas com suas arruaças provocativas."

ATERRADO: cheio de terror
Manuel, cada vez mais aterrado das arremetidas de Simão,..." = "Manuel, cada vez mais aterrorizado com as arremetidas de Simão,..."

ARREMETIDAS: investidas
...aterrado das arremetidas de Simão,..." = "...aterrorizado com as investidas de Simão,..."

NOBRE DOS QUATRO COSTADOS: nobre por parte dos quatro avós
...e justifica-se nobre dos quatro costados para ser cadete." = "...e justifica-se merecer ser cadete por ser nobre já que seus quatro avós eram da nobreza."

GÊNIO: caráter
mas de todo avesso em gênio ." = "mas com um caráter bem diferente do que tem a mãe."

ELEIÇÃO: escolha
Se D. Rita lhe censura a indigna eleição que faz,..." = "mas se D. Rita lhe censura a indigna escolha de amigos que Simão faz..."

TIRANTE: exceto
As irmãs temiam-no, tirante Rita, a mais nova,...." = "As irmas tinham medo dele com exceção de Rita, a irmã mais nova dele,..."

PUERILMENTE: ingenuamente
...com quem ele brincava

PESSOAS MECÂNICAS: pessoas que tem que trabalhar para viver
...que não andasse com pessoas mecânicas." = "...que não andasse com pessoas do povão."


MACHOS: cavalos
Um de seus criados tinha ido levar a beber os machos,..." = "..Um dos criados tinha ido levar alguns cavalos para beber água,..."

CONJURARAM: revoltaram
Os donos das vasilhas conjuraram contra o criado;..." = "Os donos das vasilhas se revoltaram contra o criado;..."

ENSEJO: ocasião, momento
Simão passava nesse ensejo;..." = "Simão passava nesse momento;..."

FUEIRO: pedaço de pau que serve de escora numa carroça quando o animal não a está suportando
e, armado de um fueiro que descravou de um carro,..." = "e, armado de um pedaço de pau que servia de apoio a uma carroça,..."

REMATOU: finalizou
e rematou o trágico espetáculo..." = "e finalizou o trágico espetáculo de bater no povo com um pedaço de pau..."

POVOLÉU: plebe, populacho
O povoléu intacto fugira espavorido,..." = "...o povo que Simão não bateu fugiu espavorido,..."

ESPAVORIDO: apavorado
O povoléu intacto fugira espavorido,..." = "As pessoas que Simão não tinha batido fugiram apavoradas,..."

BRAMIA: gritava
Domingos Botelho bramia contra o filho,..." = "Domingos Botelho gritava com o filho,..."

MEIRINHO: empregado do juiz Domingos Botelho, hoje seria o cargo de oficial de justiça
e ordenava ao meirinho geral que o prendesse à sua ordem." = "e ordenava ao seu subordinado de cargo oficial de justiça que prendesse Simão logo que ele dissesse para assim fazer."

PORTAS TRAVESSAS: portas da casa que não seja a porta principal
...mandou, por portas travessas, dinheiro ao filho..." = "...por uma porta da casa longe da porta principal onde estavam os feridos e o juiz Domingos Botelho Dona Rita mandou alguém levar dinheiro ao filho."

DETENÇA: demora
...para que, sem detença,..." = "...para que sem demora,..."

Página 15

TACITAMENTE: sem precisar falar em voz alta
"...e confessou tacitamente que era brutal e estúpido juiz." = "...e confessou para si mesmo que era brutal e estúpido juiz."

Nenhum comentário:

Postar um comentário