O que você achou desta postagem?

domingo, 1 de julho de 2012

A Moreninha - Parte 4 ( Final)

O livro "A Moreninha" de Joaquim Manuel de Macedo é o assunto desta postagem, na verdade é a finalização da sequência iniciada em 18 de abril de 2012 (PARTE 1), seguida das postagens de 14 de maio (PARTE 2) e de 8 de junho (PARTE 3). Nesta postagem abordo os esclarecimentos dos termos considerados poucos usuais ou desconhecidos que aparecem naquela obra, do Capítulo 18 ao 23.

Por do sol na Ilha de Paquetá
O livro "A Moreninha" é de domínio público, ou seja, pode ser lido online e até mesmo baixado no seu computador, como é o caso do livro completo que você encontra em A MORENINHA - SCRIBD.

CAPÍTULO 18 - ACHOU QUEM O TOSQUIASSE

Página 116:

BALBUCIOU: falar com hesitação, gagueja
"Minha Senhora! balbuciou o estudante, confuso." = "Minha senhora! disse gaguejando o estudando, mostrando estar confuso."

VATICÍNIOS: predição, profecia
"...ao menos para ouvir por mais tempo os vaticínios e palavras..." = "...ao menos para ouvir por mais tempo as profecias e palavras..."

SIBILA: na mitologia grega era uma sacerdotisa que tinha o dom de conhecer o futuro

Página 117:

AGASTEIS: irritar
"Oh! não vos agasteis;..." = "Oh! não se irrite;..."

REQUESTASTES:galantear, namorar
"A primeira jovem que requestastes..." = "A primeira jovem que você namorou..."

CACHOLETAS: tapas na cabeça
"...deram-vos uma roda de cacholetas!" = "...deram uma rodada de tapas na sua cabeça!"

LUNDU:dança agitada, de origem africana
"...tocado das letras e da música de certo lundu..." = "...tocado das letras e da música de certa dança..."
  
CARREIRINHAS: idas e vindas
"Já sei de quem foram certas carreirinhas..." = "Já sei de quem foram certas idas e vindas..."
 
Página 118:

SOBEJAMENTE: muito
"Sois sobejamente sôfrego!" = "Você está muito sôfrego!"

SÔFREGO: ansioso, impaciente
"Sois sobejamente sôfrego!" = "Você está muito ansioso!"
  
PERJURO: que faz falso juramento
"...sereis perjuro,..." = "...você fará falso juramento,..."

Página 119:

MO: me + o
"Não mo sabe dizer a fada;..." = "Não me sabe dizer a fada;..."

TRESLOUCADO: louco
"...eu sou um tresloucado..." = "...eu sou um enloucoquecido..."

INCIVIL: malcriado, sem educação
"...um incivil, um doido..." = "...um sem educação, um doido..."

CAPÍTULO 19 - ENTREMOS NOS CORAÇÕES
 
Página 121:

PATUSCADA: festa alegre
"...depois de uma patuscada de tom,..." = "...depois de uma festa alegre de tom,..."

TOM: esticado
"...depois de uma patuscada de tom..." = "...depois de uma festa alegre e demorada..."
 
ESTAMPAS: gravuras, imagens
"...nas estampas que observa,..." = "...nas figuras que observa,..."

BRONCO: desajeitado
"O nosso Augusto, por exemplo, está agora bronco para as lições..." = "O nosso Augusto, por exemplo, está agora sem jeito para estudar..."
 
IMPERTINENTE: aborrecido, descontente
"...está bronco para as lições e impertinente com tudo." = "...está sem jeito para estudar e aborrecido com tudo."

BOLOS: pandadinha nas mãos
"...apanha meia dúzia de bolos,..." = "...apanha meia dúzia de pancadas nas mãos,...'

GAZETAS: falta às aulas
"...tem feito duas gazetas na aula;..." = "...tem feito duas faltas na aula;..."

MINISTERIAL:cumpridor dos deveres, aplicado
"...de ministerial que era,..." = "...de estudante aplicado que era,...'

PERIÓDICOS: publicações que são lançadas regularmente, tipo jornais e revistas
"...não quer ser mais assinante de periódicos,..." = "...não quer mais ser assinante de revistas,..."
 
CORTE: referente à cidade onde está a Corte de Dom Pedro II, ou seja, a cidade do Rio de Janeiro
"...aborrece a Corte,..." = "...se sente aborrecido por ficar na cidade do Rio de Janeiro,..."
  
Página 122:

BASBAQUE: palerma
"...fui um tolo, um basbaque!..." = "...fui um tolo, um palerma!..."
 
BATELÃO: pequeno barco, canoa
"Por que ficou ali passeando até desaparecer o teu batelão?" = "Por que ficou ali na praia passeando até desaparecer no horizonte o seu barco?"

À NEGLIGÉ: em francês significa negligenciado, pronuncia-se "a nêgligê", mas aqui tem o sentido de soltos, à vontade
"...cabelos à negligé,..." = "...cabelos soltos deixados à vontade,..."

VELPEAU: Alfred Armand Louis Marie Velpeau foi um cirurgião francês com profundos conhecimentos de anatomia cirúrgica
"Ora! estou com dores de cabeça, este maldito Velpeau!..." = "Ora! estou com dor de cabeça de estudar este livro de anatomia do Velpeau!..."
 
MAÇADA: importunação
"Temos maçada!..." = "Temos uma pessoa para importunar!..."
  
Página 123:

NÃO É GRAÇA: não é bom
"...acalma-te, não é graça;..." = "...acalma-te, não é bom ficar assim;...'

SEQUIOSO: sedento
"...eu fatigado e sequioso,..." = "...eu fatigado e muito sedento,..."
 
MOXINIFADA: confusão
"Mas que efeito esperas tu que provenha de toda essa moxinifada?" = "Mas que efeito esperas tu que provenha de toda essa confusão?"
  
Página 124:

ROCEIRO:caipira
"...roceiro como és,..." = "..caipira como és,..."
 
CORTE:uma referência à cidade do Rio de Janeiro
"...pode-se dizer que mora na Corte." = "...pode-se dizer que tem os hábitos finos e elegantes dos melhores moradores da cidade do Rio."

SUSCETILIDADE: sensibilidade
"...sem medo de ofender a suscetibilidade de cortesão algum." = "...sem medo de ofender a sensibilidade de cortesão algum."

CORTESÃO: pessoa que vive na cidade
"...ofender a suscetibilidade de cortesão algum." = "...ofender a sensibilidade de quem está acostumado a viver em cidade."

CIDADOAS: forma pejorativa para cidadã. Leopoldo está fazendo uma desqualificação das moças da cidade
"...as nossas roceiras são mais constantes que as cidadoas?" = "...as nossas roceiras são mais constantes que as nossas moradores da cidade?"

PRENDAS: qualidades
"...mais jovialidade, graça e prendas,..." = "...mais jovialidade, graça e qualidades,..."

VOLÚVEL: inconstante
"...tudo a obriga a ser volúvel:..." = "...tudo a obriga a ser inconstante:..."

SÉQUITO: acompanhante
"...do séquito do casamento..." = "...dos convidados do casamento..."

Página 125:

D'ALVA: primeira claridade do dia que ocorre no horizonte
"...ao romper d'alva,..." = "...ao romper da primeira claridade do dia,..."

BRUXULEIA: tremeluzir, brilhar tremulamente
"...só aurora que bruxuleia no horizonte;..." = "...só aurora que brilha tremulamente no horizonte;..."

CACHOPINHAS: moças
"...satisfarei com uma das muitas cachopinhas..." = "...satisfarei com uma das muitas moças..."

ESCUSO-ME:dispensar, desculpar
"...escuso-me, porém, de responder-te,..." = "...dispenso-me, porém, de responder-te,..."

Página 126:

 CAMPAR: ir de moça em moça, uma alusão ao beija-flor que vai de flor em flor
"...que quer campar de beija-flor,..." = "...que quer ir de moça em moça como um beija-flor vai de flor em flor,..."

VISCO: isca, armadilha
"...parece que caiu no visco dos olhos..." = "...parece que caiu naarmadilha dos olhos..."
 
MATRAQUEAR: papaguear, tagarelar
"...um prazer indizível em matraquear os ouvidos..." = "...um prazer indizível em tagarelas nos ouvidos..."
 
COANDO: colocando, introduzindo
",,,vai-se coando e deixando ficar,..." = "...vai-se colocando e deixando ficar,..."

ENCARAPITAR-SE: fazer caracóis, fazer redemoinhos
"...que chega a ir encarapitar-se no juízo;..." = "...que chega a deixar o juízo em redemoinhos;..."

PELÓTICAS: travessuras
"...a tal tentação anda fazendo pelóticas no peito...." = "...a tal tentação (o amor por Augusto) anda fazendo travessuras no peito (deixando o coração disparado)..."
  
 Página 127:

FLATO: ar preso, no caso Dona Carolina suspira frequentemente como se estivesse com um monte de ar preso no seu pulmão
"...que suspira sem ter flatos,..." = "...que suspira soltando um irreal montão de ar preso nos seus pulmões,..."

GUISADO: refogado
"...que acha todo o guisado mal temperado,..." = "...que acha que o refogado todinho está mal temperado,..."

FAIXAS: cueiro, fralda
"...acostumada desde as faixas a exercer um poder absoluto..." = "...acostumada desde quando usava fraldas a exercer um poder absoluto..."

VANGLORIAR-SE: orgulhar-se, gabar-se
"...não pôde ouvir o estudante vangloriar-se..." = "...não pôde ouvir o estudante gabar-se..."

IDEOU: imaginou
"...ideou mesmo um plano de ataque,..." = "...imaginou mesmo um plano de ataque,..."

DARDO: ferrão
"...e sentiu que nele havia penetrado um dardo;..." = "...e sentiu que nele havia penetrado um ferrão;..."

MELANCÓLICA: triste
"...ela tem suas razões para andar melancólica." = "...ela tem suas razões para andar triste."

ACRESCE: junta-se
"...acresce que Filipe se deixou ficar na cidade..." = "...junta-se (à epidemia de mal humor) que Filipe se deixou ficar na cidade..."

FALAI NO MAU, APRONTAI O PAU: provérbio português significando que depois de falar/educar deve-se agir/repreender. No texto o sentido é que Filipe disse que iria ver sua avó e irmã e o devia ter feito em vez de deixá-las sozinhas.

CAPÍTULO 20 - PRIMEIRO DOMINGO: ELE MARCA

Página 128:

MARCA: borda
"Primeiro domingo: ele marca" = "Primeiro domingo: Augusto borda sobre o que foi marcado sobre o tecido"

INSTAVA: pedir com insistência
"...por isso instava com os seus remeiros..." = "...por isso ficava insistindo com os remadores..."

FORCEJASSEM: fazer todo o possível, esforçar-se
"...os seus remeiros para que forcejassem;..." = "...os seus remadores do barco que o levaria a Ilha de Paquetá para que se esforçassem para remar mais velozmente;..."

BATELÃO: barco pequeno, canoa
"...enquanto o seu batelão se deslizava..." = "...enquanto o seu barco deslizava..."

TAMOIA: índia tupi que habitava a região do Rio de Janeiro

NOJO: tédio, aborrecimento
"...nós temos passado oito dias de nojo,..." = "...nós temos passados oito dias tediosos,..."

Página 129:

VENTURA: sorte, felicidade
"...e sentiu que a ventura lhe inundava o coração." = "...e sentiu que a felicidade lhe inundava o coração."

CAVATINA: o mesmo que ária, numa ópera a parte em que alguém canta sozinho uma música. No  caso a ópera é O Barbeiro de Sevilha e o protagonista que canta a ária é Fígaro.
"...pedacinho da cavatina do Fígaro,..." = "...pedacinho da ária do Fígaro,..."

MODINHAS: um tipo de música popular da época, bem ritmadas tal como era também o lundu, só que as modinhas eram músicas bem românticas
"...era uma coleção de modinhas do Laforge." = "...era uma coleção de músicas românticas do Laforge."

LAFORGE: Pierre Laforge, francês que morava naquela época na cidade do Rio de Janeiro, foi o primeiro a mandar imprimir partituras de modinhas para piano e violão. Saiba mais em IMPRESSÃO MUSICAL NO RIO DE JANEIRO - SÉCULO XIX.

OBSEQUIOSAS: amáveis
"...Augusto teve de agradecer as obsequiosas atenções..." = "...Augusto teve de agradecer as amáveis atenções..."

PREDILEÇÃO: preferência
"...que dizia ter poe ele notável predileção,..." = "...que dizia ter por ele notável preferência,..."

CULTOS: devoções
"...objeto de seus recentes cultos." = "...objeto de suas recentes devoções."

LÂNGUIDA: solta, relaxada
"...porém, mais lânguida;..." = "...porém, mais descontraída;..."

FURTO: furtivamente, disfarçadamente
"...olhava-o furto,..." = "....olhava-o disfarçadamente,..."

PEJO: embaraço, vergonha
"...com uma certa expressão de receio, pejo..." = "...com uma certa expressão de receio, encabulamento..."

BULIR: mexer, agitar
"...finalmente teve de ir bulir com um pobre lencinho..." = "...finalmente teve de ir balançar um pobre lencinho..."

BARAFUNDA: confusão, desordem
"...repare que barafunda vai por aqui." = "...repare que confusão vai por aqui."

PRENDA: habilidade, arte
"Tem uma bela prenda, minha senhora." = "O lencinho foi bordado com habilidade, minha senhora."

Página 130:

MARCAR: bordar
"Quem não sabe marcar?" = "Quem não sabe bordar um lencinho?"

CHAMARIA A BOLOS: daria umas boas palmadas
"...à primeira linha que ele rebentasse, eu o chamaria a bolos." = "...à primeira linha de bordar que ele rebentasse eu daria em reprimenda umas boas palmadas."

PALMATÓRIA: um castigo que consiste em dar uma batida de tábua na palma da mão
"...ensine-me com palmatória." = "...ensine-me a bordar e a cada erro meu me dê castigo que eu vou aceitar."

GAMÃO: um tipo de jogo de tabuleiro onde o jogador arremessa dados
"...Filipe desafiou Augusto para uma partida de gamão..." = "...Filipe desafiou Augusto para um jogo de tabuleiro..."

INCONTINENTI: sem demora, imediatamente
"...e incontinenti foram travar combate na varanda;..." = "...e sem demora foram jogar gamão na varanda;..."

Página 131:

Ás: a face do dado com seis pontinhos
"...Augusto acabava de lançar uns dois e ás,..." = "...Augusto acabava de lançar dados e saíram a face com dois e seis pontinhos,..."

ADMOESTAÇÃO: repreensão, advertência
"Aceito a admoestação,..." = "Aceito a reprimenda,..."

HÉRCULES: herói da mitologia grega, um homem de força extraordinária. No caso Filipe faz uma ironia para com Augusto dizendo que Augusto ao tentar bordar estava se dedicando extraordinariamente
"Fique-se aí, Sr. Hércules,..." = "Fique ai bordando, seu super-homem,..."

ONFALE: na mitologia grega a rainha Onfale, ou ÔNFALE teve Hércules como escravo 

Página 132:

COSIA: costurar
"...a Sra. D. Ana, que a dez passos cosia,..." = "...a Sra. D. Ana, que a dez passos costurava,..."


CAPÍTULO 21 - SEGUNDO DOMINGO: BRINCANDO COM BONECAS

Página 134:

MANCEBO: rapaz
"...já não era mais aquele mancebo..." = "...já não era mais aquele rapaz..."

PROGNÓSTICO: previsão
"O prognóstico de D. Carolina..." = "A previsão de D. Carolina..."

CAMAFEU: joia que tem uma gravação em relevo
"...esquecido da aposta que fez e do camafeu..." = "esquecido da aposta que fez e da joia com sua inscrição gravada..."

OLVIDAR: esquecer, desaprender
"Um bonito rosto moreninho fez olvidar..." = "Um bonito rosto moreninho fez esquecer..."

DESPOTAZINHA: tirana, autoritária
"D. Carolina triunfa e seu orgulho de despotazinha..." ="D. Carolina triunfa e seu orgulho de mulher autoritária..."

ALTANEIRO: arrogante, soberba
"...devia estar altaneiro,..." = "...devia estar cheio de arrogância,..."

BATELÃO: barco pequeno, canoa
"...à medida que seu batelão se aproxima,..." = "...à medida que seu barco se aproxima,..."

MARCADO: distinguido, selecionado
"...já sei que traz nome bem marcado." = "...já sei que traz um nome para por no bordado bem selecionado (e quando Augusto o for bordar não tem motivo para errar)."

Página 135:

VENTURA: sorte
"Ter a ventura..." = "Ter a sorte..."

VOLUPTUOSO: sensual, delicioso
"...roçar às vezes com o cotovelo um lugar sagrado, voluptuoso..." = "...roçar às vezes com o cotovelo um lugar sagrado, delicioso..."

BAFO: ar, hálito
"...perfumado bafo..." = "...perfumado hálito..."

NACARADOS: rosados
"...lábios virginais e nacarados,..." = "...lábios que ainda não foram beijados e rosados,..."

MANCEBO: rapaz, homem
"...que mancebo há aí,..." = "...que homem haverá por aí,..."

ENLEIOS: embaraços, perturbações
"...que não tenha experimentado esses doces enleios,..." = "...que não tenha experimentado essas doces perturbações,..."

GOZANDO: possuindo, aproveitando
"Pois bem, Augusto os está gozando..." = "Pois bem, Augusto os está aproveitando,..."

ENTIDADE: importância
"...só a ele é isto de grande entidade,..." = "...só a ele é isto de grande importância,..."

MARCA: antes de bordar é útil assinalar o desenho ou palavra que vai ser bordado, a isto chama-se marcar
"Venha a marca." = "Mostre-me o que foi rabiscado sobre o tecido."

DÍSTICO: rótulo, frase
"...e no centro o dístico Minha bela mestra." = "...e no centro a frase Minha bela mestra."

ANTEMÃO: antecipadamente
"...fruía já de antemão o terno agradecimento..." = "...fruía já antecipadamente o terno agradecimento..."

DESPEITO: ressentimento, melindre
"...vermelha de cólera e de despeito." = "...vermelha de cólera e de ressentimento."

CARECE: precisar
"...isso não carece que me diga." = "...isso não precisa me diga."

Página 136:

MARCA: antes de bordar é útil assinalar o desenho ou palavra que vai ser bordado, a isto chama-se marcar
"...aqui está a marca que ele me traz!" = "...aqui está o rabisco sobre o tecido que ele me traz!"

BARAFUNDA: confusão, trapalhada
"Eu queria um nome muito mal feito, uma barafunda..." = "Eu queria um nome muito mal feito, uma trapalhada..."

SUADO: feito com muito esforço
"...o pano suado e feio,..." = "...o desenho sobre o pano feito depois de gastar muito esforço e mesmo assim resultando num desenho feio,..."


CORTE: a cidade do Rio de Janeiro, lembrando que na época ali estava instalada a corte do príncipe Dom Pedro II
"...foi para a Corte tomar outra mestra,..." = "...foi para o Rio de Janeiro tomar outra mestra,..."

GRACEJOS: dito humorado, no caso elogios, cumprimentos
"...motivar alguns gracejos..." = "...receber alguns elogios..."

Página 137:

GÊNIO: no contexto significa motivação
"...exterminou o mau gênio..." = "...acabou de mandar embora o motivo..."

AMANTE: amorosa
"...perguntou a amante avó." = "...perguntou a amorosa avó."

MARCAR: bordar
"...basta de marcar;..." = "...basta de bordar sobre as letras rabiscadas;..."

MAGISTÉRIO: lição
"..não me saí bem do magistério,..." = "...não me saí bem da lição de bordar,..."

ADIANTAMENTO: melhoria, aprimoramento
"Então fui julgado incapaz de adiantamento?" = "Então fui julgado incapaz de aprimorar na arte de bordar?"

BUGIARIAS: bugigangas
"...um número extraordinário de bugiarias,..." = "...um número extraordinário de bugigangas,..."

PARVOÍCE: tolice, infantilidade
"...a fazer quanta parvoíce há neste mundo." = "...a fazer uma infinidade de bobagens que existem no mundo."

TEMPO-SERÁ: brincadeira de esconde-esconde (em alguns lugares do Brasil a brincadeira é chamada brincar de pique) no qual é preciso correr bastante
"...obriga um coxo a brincar o tempo-será,..." = "...obriga um coxo a brincar de esconde-esconde,..."

COMPANHEIRO COMPANHÃO: brincadeira de criança que eu não descobri (ainda) como se brinca mas vou pesquisar, ok? (companhão significa testículo)

PROCURA QUEM TE DEU: outra brincadeira de criança que gostaria de dizer como se brinca, vou pesquisar também e depois explicarei melhor

Página 138:

ACALENTA: ninar, confortar
"...acalenta as bonecas pequenas,..." = "...brinca de ninar as bonecas pequenas,..."

MANCEBO: rapaz
"...sérias qualidades que tem reconhecido no mancebo." = "...sérias qualidades que tem reconhecido no rapaz."

CIVILIDADE: boas maneiras
"O maior inimigo do amor é a civilidade." = "O maior amigo do amor são as boas maneiras."

CAIR A SOPA NO MEL: aproveitar a ocasião
"...mas esta lhe fez cair a sopa no mel,..." = "...ma D. Ana quando Augusto lhe ofereceu seu braço aproveitou a ocasião,..."

MARISCAVAM: ciscar o chão procurando alimento
"...duas rolinhas mariscavam;..." = "...duas rolinhas ciscavam o chão procurando alimento;..."

Página 139:

VOLÚVEL: inconstante, instável
"Então... ele é volúvel?" = "Então... ele é inconstante?"

Página 140:

MANCEBO: rapaz, moço
"...levou o braço do mancebo até o peito..." = "...levou o braço do rapaz até o peito..."

REQUINTADA: exagerada
"...com requintada ternura." = "...com exagerada ternura."

GLÓRIA: bem-aventurança
"...que fez transbordar a glória e entusiasmo..." = "...que fez transbordar a bem-aventurança e entusiasmo..."

CAPÍTULO 22 - MAU TEMPO

Página 141:

CORTE: a cidade do Rio de Janeiro
"...achou na Corte seu pai..." = "...encontrou na cidade do Rio de Janeiro o seu pai..."

PONTOS: faltar às aulas, ausentar-se
"...e dos muitos pontos que ultimamente tinha dado nas aulas." = "...e das muitas ausências que ultimamente tinha dado nas aulas."


ADMOESTAÇÕES: reprimenda, advertência
"...cheio de conselhos e admoestações,..." = "...cheio de conselhos e reprimendas,..."

COROAR: pra dar um remate, dar um acabamento
"Para coroar a obra,..." = "E pra dar um remate (da visita do pai e do discurso do pai),..."

FOGO VISTE LINGUIÇA: ficar por um tempo breve
"...estão no caso do fogo viste linquiça?..." = "...estão de visita breve..."

CRISMAR: alcunhar, apelidar
"...Praia Grande, apesar de a terem crismado Niterói),..." = "...Praia Grande, apesar de a terem apelidado pelo nome de Niterói),..."

VAGAR: ocupação
"...pelo sossego e vagar com que tratava os menos importantes negócios,..." = "...pelo sossego e ocupar o seu tempo com os menos importantes negócios,..."

PALMAR: evidente, claro, patente
"...erro palmar,..." = "...erro evidente,..."

AGADANHA-SE: roubar, tomar posse
"...agadanha-se logo no coração da gente,..." = "...logo toma conta do coração da gente,..."

Página 142:

INDÚSTRIA: esforço, trabalho
"...muita indústria deve ter..." = "...muito esforço deve ter..."

PARLAMENTARES: respeitosos, cerimoniosos
"...parlamentares oferecimentos..." = "...cerimoniosos oferecimentos..."

EXASPERADO: irritado
"...saltou exasperado fora do leito..." = "...saiu irritado da cama..."

SALUTARES: consoladores
"...e dar-lhes salutares conselhos,..." = "...e dar-lhes conselhos consoladores,..."

AMARGOR: doloroso, penoso
"Uma noite de amargor foi,..." = "Foi uma noite penosa,..."

Página 143:

EXACERBAÇÃO: irritação
"...ele estava em violenta exacerbação." = "...ele estava muito irritado."

PROSTRAÇÃO: enfraquecimento
"...abatimento e prostração de forças..." = "...abatimento e enfraquecimento de forças..."

Página 144:

PROSTRADO: enfraquecido
"...e vendo-o prostrado no leito,..." = "...e vendo-o enfraquecido no leito,..." 

FAVÔNIO: vento
"Um brando favônio de vida..." = "Um brando vento de vida..."

CÂMARA:quarto
"...entrou de novo na câmara do doente;... = "...entrou de novo no quarto do doente;..."


ELIXIR: remédio
"...algum elixir tão admirável,..." = "...algum remédio tão admirável,..." 

 AZEDANDO: dificultando
"...com seu sentimentalismo, estavam azedando a vida..." = "...com seu sentimentalismo, estavam dificultando a vida..."
  
MOMICES: palhaçadas, macaquices
...primeiro divertindo-nos com suas momices,..." = "...primeiro divertindo-nos com suas macaquices,..."

 DEBALDE:inutilmente
"...tendo debalde esperado o seu estudante..." = "...tendo inutilmente esperado o seu estudante..."

ARRUFADA: maus modos, sem educação
"...voltou para casa arrufada." = "...voltou com modos de moça sem educação..."

 ENREGELAR: gelar
"...o dia estava frio de enregelar,..." = "...o dia estava frio de gelar,..."

ENGENDRA: origina
"...que de uma flor já murcha engendra o mais vivo contentamento,..." = "...que de uma flor já murcha origina o mais vivo contentamento,..."

Página 145:

AGASTADOS:irritados, zangados
"...se não produzisse também agastados arrufos,..." = "...se não produzissem também zangados arrufos,..."

ARRUFOS: enfado, mal humor
"...se não produzisse também agastados arrufos,..." = "...se não produzissem também zangados mal humores,...

HIPOCONDRIA: tristeza
"...ataques de hipocondria,..." = "...ataques de tristeza,..."


PRUÍDO: o mesmo que prurido, coceira
"...pruído de canelas,..." = "...coceira nas canelas,..."


: a morena índia tamoio que habitava a Ilha de Paquetá
"...canta muitas vezes a balada de ,..." = "...canta muitas vezes a balada da índia tamoia Aí,..."

PEJO: pudor, vergonha
"...teme vê-la fugir vermelha de pejo,..." = "...teme vê-la fugir vermelha de envergonhamento,..."


CORTE: a cidade do Rio de Janeiro
"...particular amigo de sua família veio da Corte visitá-la..." = "...amigo íntimo de sua família veio da cidade do Rio visitá-la..."

BATEL: barco
 "...no momento em que saltava dentro do seu batel,..." = "...no momento em que saltava do seu barco,..."
 
CAPÍTULO 23 - A ESMERALDA E O CAMAFEU
Página 146:
 
CAMAFEU: uma jóia na qual em sua superfície está gravada uma figura

PENA: desgosto
 "...uma noite cheia de pena e de cuidados,..." = "...uma noite cheia de desgosto e de cuidados,..."

CUIDADOS: inquietação
  "...uma noite cheia de pena e de cuidados,..." = "...uma noite cheia de desgosto e de inquietações,..."

DESPEITADA: ressentimento
"...porém já menos ciumenta e despeitada;..." = "...porém já menos ciumenta e ressentida;..."

DESTREZA: jeito
"...fazendo com habilidade e destreza cair a conversação..." = "...fazendo com habilidade e jeitinho iniciar uma conversa..."

PROSTRADO: enfraquecido
"...prostrado por uma enfermidade cruel." = "...enfraquecido devido a uma enfermidade cruel."

ESPÁDUAS: ombros
"...que tanto gostava de fazer ondear pelas espáduas,..." = "...que tanto gostava de fazer ondear por sobre os ombros,..."

ALINHEI: arrumei, vestir com apuro
"Eu me alinhei,..." = "Eu me arrumei toda,..."

Página 147:

PIROGA: barco bem veloz
"Lá vem sua piroga..." = "Lá vem seu barco..."

BATELÃO: canoa, diminutivo de batel (o batel visto do local onde D. Carolina estava parecia estar pequenininho)
",,,um lindo batelão apareceu ao longe,..." = "...uma linda canoinha apareceu ao longe,..."

INTUMESCIDA: grandiosa, magnífica
"...voando com asa intumescida..." = "...voando com magníficas asas..."

COMOÇÃO: agitação
 "Com força e comoção desusadas..." = "Com força e agitação desusadas..."

EMPREGAR: ocupar-se
"...para só empregar no batel..." = "...para só ocupar-se em olhar a canoa..."

BATEL: canoa
"...para só empregar no batel..." = "...para só ficar de olho na canoa..."

SUSPIRADO: desejado
 "Ah! era o batel suspirado." = "Ah! era a canoa que ela estava esperando."

ABICA: aborda, atracar
"Enfim, abica à praia..." = "Enfim, atraca na praia..."

DAR FÉ: acreditar
"...que ainda não mostrava dar fé neles,..." = "...que ainda não acreditava que eles chegaram,..."

VERTER: deixar sair
"...e suspiros a verter." = "...soltar suspiros."

Página 148:

AFABILIDADE: cortesia, delicadeza
"A Sra. D. Ana recebeu com sua costumada afabilidade..." = "A Sra. D. Ana recebeu com sua costumada delicadeza..."

CÔNSCIA: ciente, sabedora
"E D. Carolina, cônscia já de sua fraqueza,..." = "E D. Carolina, já sabedora de sua fraqueza (amar Augusto),..."
 
MALÍCIA: esperteza
 "...com a malícia do tempo da liberdade..." = "...com a esperteza da época em que não estava apaixonada..."
 
COR DE NÁCAR: enrubecidos
"Tanto D. Carolina como o pobre estudante ficaram cor de nácar,..."  = "Tanto D. Carolina como o pobre estudante ficaram com rostos avermelhados devido estarem envergonhados,..."
 
Página 149:

MALIGNO: perigoso
"D. Carolina saiu com ar meio acanhado e meio maligno." =  "D. Carolina saiu com ar meio acanhado e meio perigoso." 

COMOÇÃO: abalo, perturbação
"...sem poder ocultar a comoção..." = "...sem poder ocultar a sua perturbação..."
PEJO: pudor, vergonha
...sem poder ocultar a comoção e o pejo..." = "...sem poder ocultar sua perturbação e envergonhamento..."
 
VERNIZ: postura
"...retomado o antigo verniz do prazer e malícia." = "...retomou a antiga postura de alegria e esperteza."

PROGNÓSTICO: previsão
"...veja como verificou-se o prognóstico que fiz do seu futuro!" = "veja como verificou-se a previsão que fiz do seu futuro!

EMENDAREI:  acrescentar uma correção
"...eu emendarei a mão agora." = "...eu acrescentarei uma correção ao que eu disse anteriormente."

CRUEL: rigorosa, inflexível
"...continuou a cruel Moreninha,..." = "...continuou a inflexível Moreninha,..."

Página 150:

INJÚRIA: ofensa, insulto
"...e desejarei vingar a injúria feita ao meu sexo." = "...e desejarei vingar a ofensa feita contra nós mulheres."

BREVE: escapulário (um saquinho contendo algo dentro)
"...dando-lhe o breve de cor branca..." = "...dando-lhe o saquinho de cor branca..."

DESVELO: cuidado, dedicação
"...para que o guarde com desvelo." = "...para que o guarde cuidadosamente."
Página 151:

INDISSOLÚVEIS: que não dá para desfazer
"...me prendeu a essa menina nos laços indissolúveis..." = "...me prendeu a essa menina nos laço que não dá pra desfazer..."

PROTESTOS: promessas
"...posso eu acreditar nos seus protestos..." = "...posso eu acreditar nas suas promessas..."

PERJURO: jurar falsamente
"...nunca lhe seja perjuro." = "...nunca para com aquela menina torne a promessa feita uma jura mentirosa."

Página 152:

PATÉTICA: comovente, tocante
"A cena se estava tornando patética:..." = "A cena estava tornando-se comovente:..."

SUSPENDIDO: interrompido
"...o pranto, por um tempo suspendido." = "...o pranto, por um tempo interrompido."

ASSEVEROU-ME: assegurar, garantir
"...uma relíquia milagrosa que, asseverou-me ele,..." = "...uma relíquia milagrosa que, garantiu-me ele,..."

COSI: costurei
"...eu cosi essa relíquia..." = "...eu costurei essa relíquia..."

BREVE: escapulário, saquinho
"...eu cosi essa relíquia dentro de um breve;..." =   "...eu costurei essa relíquia dentro de um saquinho;..."

MERCÊ: ao arbítrio, pela vontade
"...tire a relíquia e à mercê dela..." = "...tire a relíquia e pela vontade dela..."

Obrigado por ter visitado a postagem sobre o livro A Moreninha, espero que tenha sido útil para você! Atualmente estou lendo outro livro, Amor de Perdição, de Camilo Castelo Branco. Trata-se de outra literatura romântica e está repleta de termos estranhos, tal como é A Moreninha. Será que vou postar também esclarecimentos dos termos difíceis de Amor de Perdição? Abraços!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário