sexta-feira, 22 de junho de 2012

Saco de homem

Saco parece ser um palavrão mas não é embora o nome certo desta parte do genital masculino seja escroto, sendo que escroto em latim ("scrotum") significa saco, bolsa. Portanto não é indecente ou chulo chamar saco de saco.


Numa oportunidade que você tiver de tocar ou sugar o saco de um cara deve lembrar-se de fazer isso com cuidado porque o saco é sensível a apertos, puxões, mordidas e outras pequenas atitudes, aparentemente sem consequências para quem faz mas que incomoda e até faz doer em quem as recebe.






Uma coisa que acontece com alguns sacos é que uma das bolas pode eventualmente ir parar dentro do abdômen. Os testículos estão seguros por uma estrutura que aconcora as bolas numa certa posição, permitindo aos testículos serem retráteis, isto é, podem "subir" e "descer" no saco. É algo normal de acontecer, de vez em quando, por exemplo, você acorda de manhã e nota que uma bola "subiu'.






Fazendo um esforcinho com as mãos e empurrando o ar para a região de baixo da barriga a bola volta ao lugar certo, sem danos. Outra situação na qual a bola sobe e chega a ficar na região abdominal é ficar de pau duro, a ereção propicia a bola subir. Isto acontece comigo, estou batendo uma punheta e percebo que a bola subiu. Estou sentado pelado vendo pornografia na Internet e ao ficar de pau duro uma bola minha gosta de subir.






Outra situação é quando eu estou dando a bunda ou metendo rola num cara e a bola sobe, fica no mínimo estranho quando o cara nota que isso aconteceu. O que prejudica mesmo o saco é apoiar o lap top próximo dele quando se está sentado, permanecendo com o lap top esquentando o saco por mais de 10 minutos. O calor do lap top causa a hipertermia escrotal, que é algo prejudicial à saúde do saco.






Um fato que acontece na pele do saco e que não é nenhum problema mas que parece ser problema são a quantidade de bolinhas que aparecem deixando o saco todo marcado. Não se deve espremê-las nem perfurar ou tentar tirar de outro modo já que são simplesmente glândulas sebáceas (Glândulas de Fordyce) que não oferecem nenhum mal ao saco. Quanto mais hormônio masculino o cara tem, mais bolinhas no saco vai ter.






O saco tem vários músculos que se contraem e relaxam causando seu movimento levando-se em conta a temperatura do corpo, por exemplo. Esta temperatura do corpo quando diminui, o caso de você estar numa piscina, o saco contrai. Quando a temperatura do corpo eleva-se, o caso de você estar numa sauna ou tomando um banho quente, o saco se distende e aparenta ser maior.






O emocional também repercute no saco, explicando: numa situação de medo ou vergonha o saco se contrai e os testículos "sobem" em direção ao abdômen. O interessante é que pode acontecer de apenas uma bola subir e a outra não se mover e continuar na posição que estava. Contudo a maioria dos movimentos de sobe e desce das bolas é puramente um mecanismo de regulagem de temperatura.






Para fins de melhorar a estética tem cara que injeta no saco soro fisiológico ou mesmo silicone pretendendo-se com isso  aumentar o volume. O problema é na hora da agulha perfurar o saco acabar atingindo alguma veia ou o testículo, podendo (há uma probabilidade) a agulha lesionar e trazer complicações para a saúde. Não se recomenda injetar nada no saco, e no caso de colocação de piercing no saco deve-se procurar um especialista de confiança.






Numa relação sexual o saco costuma ficar batendo na bunda do passivo durante o movimento de vai-e-vém. Para se defender o saco fica contraído, afinal ele não gosta de levar pancadas. E vamos imaginar que o ativo socou a pica e não goza no final, o que vai acontecer é que o saco reage com dor. O saco doendo depois de um perído de excitação sexual é sinal de que ele queria ter ejaculado.






O bago esquerdo geralmente é mais baixo que o bago do lado direito, para a maioria dos homens. A presença dos bagos no saco é que faz o saco ficar sadio, porém se o bago está no saco mas ele é atrofiado e não tem função (de produzir espermatozóides), ele deve ser retirado numa intervenção cirúrgica. Um bago atrofiado não produz hormônio e tem uma grande chance de aparecer um câncer nele.






Tem caras que tem apenas uma bola no saco. Por razões estéticas podem querer colocar uma prótese na hemibolsa (bolsa do saco) do tamanho que vai de 3,7 a 4,2 centímetros e de peso de 9 a 10 gramas. A colocação de uma prótese não tem que ser necessáriamente do mesmo tamanho que a bola que já existe, já que pode ser colocada uma nova de tamanho maior ou menor, ou de mesmo tamanho, tanto faz.






Terminando a postagem só queria acrescentar que somente 10% dos homens tem as duas bolas do saco no mesmo nível, ou seja, uma lado a lado com a outra. E outros 25% tem a bola direita mais baixa que a bola esquerda. Como foi dito, a maioria dos homens tem a bola esquerda mais baixa que a bola direita, estatisticamente representando 65% dos homens nesta situação.

























video

3 comentários:

  1. Achei muito interessante esta matéria. Aliás todo o blog é muito bem escrito. Alia com elegância, informação e erotismo. Sobre o tópico "saco de homem". Li-o com interesse porque esperava encontrar alguma informação sobre a minha sensibilidade excessiva nesta área

    ResponderExcluir
  2. Cara, também achei interessante a reportagem. Acho muito legal da tua parte falar sobre saúde, muita gente se descuida nesse assunto.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Gosto de chupar saco de macho . Sugar as duas bolas pra dentro da boca e segurar.
    11 987581933 whats

    ResponderExcluir