O que você achou desta postagem?

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Problema pra resolver: Um sonho que tive

Eu estava dentro de uma igreja batista e o pastor tinha feito uma pregação inspirada que resultou em várias pessoas se sentirem tocadas em seus corações a entregarem suas vidas a Jesus. E quando o pastor chamou estas pessoas para irem na frente e se ajoelharem, formou-se um grupo de uns 10 fiéis.







As demais pessoas ficaram cantando um hino que ia sendo apresentado na parede numa projeção e o pastor e seus auxiliares iam conversando com as pessoas ajoelhadas dizendo aleluia e essas coisas, e eu era um destes fiéis que ajudavam ao pastor, todo sábado à noite eu estava na igreja para participar do culto e ajudar os convertidos da noite.







Eu normalmente não sabia de quem eu ia ser o "pai", que é uma função de ser um acolhedor e orientador do novo crente. Desta vez me aproximei de um homem, ele estava muito consternado. Tão logo coloquei a minha mão no ombro dele, eu em pé na frente dele e ele ajoelhado, ele me olhou e disse eu sou um pecador.







Eu disse a ele o meu nome é Alex e qual é o seu nome e ele me respondeu Lucas. Seja bem-vindo Lucas, você não é mais pecador, Jesus pagou seus pecados na cruz, você agora está liberto dos seus pecados, e me ajoelhei ao lado dele, eu de frente pra ele, e fiz uma oração baixinho com ele, aproveitando umas orações decoradas que eu sabia que eram adequadas par ao momento.








video

Deus que me perdoe mas na hora que eu estava ali no altar com o cara recém-convertido eu achei ele gostoso e pensei será que ele comeria a minha bunda com um pau duro e gostoso. Eu estava tocando o ombro dele e sentia o calor que vinha do corpo dele e imaginava nós dois deitados transando, com  o peso do corpo dele todo deitado em cima de mim e seu pau dentro do meu cú, bombando sem parar.







Sem querer eu levei a mão mais para o alto e alcancei os cabelos dele, cortados curtos, castanhos, sedosos. Imaginei os pentelhos dele, um homem assim não corta os pelos e deve ter o saco peludo, e o cú também peludo. Tipo de homem que tem que ser desbravado com calma e cuidado, arisco, selvagem, nunca antes amado por outro homem. 







Precisa com certeza de uma nova vida! Este precisa ser salvo por mim! Fiquei esperando esta parte do culto terminar e ir com ele pra as salas onde normalmente a gente fica a sós (mais Deus) com o novo crente pra fazer as orientações. Ele transparecia estar bem na igreja e eu ia tudo seguindo o normal, até chegar o momento de encostar a porta na sala de orientações. Estávamos somente eu ele ele na sala.







Fui falando pra ele que ele o vale das sombras da morte não o atingiriam mais, tudo ele poderia naquele que o fortalece, se Deus era com ele quem podia contra ele, o sangue de Jesus tem poder, eis que agora tudo se renova, e como eu gostaria de sugar seu pai até sentir o gosto azedinho da sua porra. Não isso eu não falei, só pensei. 








Perguntei o que o incomodava e Lucas me disse que tinha se separado recentemente, uns 6 meses, de sua mulher, e no trabalho na CEASA tudo ia bem mas ele achava que a ex tinha feito um trabalho de encosto pra ele voltar. Eu disse que encosto geralmente fica no ombro e pra ele tirar a camisa pra eu fazer uma oração. Ele tirou a camisa, que tesão, devia trabalhar de carregador pois seu ombro era musculoso, bem definido.







Encosto não tem poder sobre quem é crente, eu falei, e eu vou te abençoar os ombros e qualquer mal vai sair, eu disse. Ele ficou na cadeira dele e eu dei a volta na mesa e me aproximei e comecei a fazer uma massagem nos ombros enquanto eu dizia sai encosto, sai exu, sai que este corpo não te pertence, em nome de Jesus. Meu pau ficou duro e até babava.








Eu disse Lucas você é um homem livre agora, pode fazer tudo o que quiser sem que forças do mal te atinjam. Criei coragem e perguntei Lucas você quer libertação total eu posso fazer a massagem e te libertar o corpo todo. Ele falou, sim eu quero, vou tirar toda a roupa. Ele ficou no final pelado em pé na minha frente, as roupas no chão. 








Bom, o final vocês já sabem, quando um cara quer dar não tem nada que o segure, a não ser falta de iniciativa. E isso eu tive, ali mesmo, na igreja. Por isso eu digo que o lugar não importa, e que não há homem que não faça sexo com homem, tudo é uma questão de aproveitar a oportunidade. A rola dele estava lá, eu estava lá. Eu e eles fomos ao céu.









Qual é o problema que Deus não resolve se a gente ajuda a Deus? Ficar se remoendo, se privando, se reprimindo é só aumentar o problema, partir pra ação e foda-se o resto, que tudo vá pro inferno, não tô nem aí. Acontece que quem não arisca não petista, e o Lucas meteu no meu rabo  muito, nesta noite. Acordei com o pinto lambuzado de porra, gozei dormindo.