quarta-feira, 28 de março de 2012

Serra do Caraça pede socorro!

Minas Gerais é considerado o berço da liberdade no Brasil já desde o momento do movimento separatista  ocorrido em 1789 conhecido como INCONFIDÊNCIA MINEIRA. Foi o primeiro levante exigindo a separação de Portugal, encabeçado pelo carioca Joaquim José da Silva Xavier. A bandeira de Minas Gerais é a mesma bandeira usada pelos "inconfidentes", como mais tarde foram denominados os líderes daquele movimento.

Libertas quase sera tamem = Liberdade ainda que tardia

Minas Gerais no final do século XVIII era o lugar mais povoado do Brasil, tinha mais gente aqui na região do que na capital, a cidade do Rio de Janeiro. Pessoas de todos os lugares do Brasil e da Europa tinham vieram para Minas Gerais em busca de ouro, diamantes e pedras preciosas.

Estátua de Tiradentes na principal avenida de Belo Horizonte,
capital de Minas Gerais

Minas Gerais é tão grande quanto a França e foi desbravada por paulistas. Estes em 1693 descobriram ouro pela primeira vez na serra de Sabarabuçu, que atualmente chama-se cidade de Sabará, vizinha de Belo Horizonte.  Em 1697 chegou pela primeira vez em Lisboa o ouro de Minas Gerais, foram 115 quilos. Há uma estimativa que até 1703 foram enviados de Minas Gerais para Portugal 1 tonelada e 700 mil quilos de ouro. 

Vista atual da cidade de Ouro Preto

Em 1720, a Capitania de Minas Gerais foi separada da Capitania de São Paulo, tendo como capital Vila Rica (atual Ouro Preto). A origem do nome "Ouro Preto" é em razão do ouro encontrado na região de Vila Rica estava muito misturado na rocha, prejudicando a qualidade da lavra.

Pintura chamada Extração de diamantes, de Carlos Julião,
exposta na Biblioteca Nacional

A partir de 1705 o ouro começa a escassear, começando a ser minerado em partes mais profundas do solo. Na época da Inconfidência Mineira o ouro é difícil de ser minerado, e a mineração deixou de ser uma atividade econômica importante em Minas Gerais. Atualmente o mineral mais extraído em Minas Gerais é o minério de ferro.

O principal minério de ferro é chamado hematita

O minério de ferro extraído em Minas Gerais é uma commoditie que é exportada pelo porto de Tubarão, no Estado do Espírito Santo, com destino principalmente para a China. O Porto de Tubarão, pertencente à Companhia Vale do Rio Doce - VALE, tem capacidade para exportar uns 80 milhões de toneladas de minério de ferro por ano.

O Porto de Tubarão fica na área urbana de Vitória, ES

No mundo, 99% do minério de ferro extraído é utilizado na fabricação de aço. A produção de minério de ferro no Brasil se desenvolve em minas a céu aberto, e de acordo com o Departamento Nacional de Produção Mineral - DNPM, a reserva do Brasil em 2007 foi estimada em 73,7 bilhões de toneladas de minério de ferro.

Figura obtida no fórum de GIM no Skyscrapercity

O DNPM estima que Minas Gerais tem uma reserva de 21 bilhões de toneladas, portanto 28,5% do total de reservas que o Brasil tem. Contudo, a mineração do minério de ferro é muito importante para a economia de Minas Gerais. Atualizando as informações da figura acima, em 2012 a VALE é a maior produtora de minério de ferro em nível mundial.

Mina de minério de ferro: veja o tamanho dos caminhões lá embaixo!

Infelizmente as mineradoras instaladas em Minas Gerais, mesmo dando ênfase na sustentabilidade, provocam impactos ambientais. Eu não estou focando aqui nenhuma crítica contra nenhuma empresa mineradora em particular, mas uma ou outra empresa mineradora está precisando de um puxão de orelha. Veja a situação no entorno do Caraça.

Santuário do Caraça, em Catas Altas, MG

Há uma reserva natural no entorno do Santuário do Caraça, sendo que desde 20 de março de 1994 há uma lei federal protegendo toda a área compreendida entre os municípios de Catas Altas e Santa Bárbara, cidades a uns 130 quilômetros de Belo Horizonte. Contudo tem mineradoras agindo e pondo em perigo essa reserva. 


Para deter a ação predatória de mineradoras na região próxima do Caraça (não é a VALE) eu venho solicitar que você assine o abaixo-assinado em defesa da Serra do Caraça, basta você clicar sobre este link: ABAIXO-ASSINADO EM DEFESA DA SERRA DO CARAÇA. A sua manifestação vai fazer diferença, pode acreditar! Muito obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário