sábado, 31 de março de 2012

Leite de homem

Viscoso e pegajoso assim é o leite de homem! Vamos imaginar que você está batendo uma punheta enquanto toma banho e então você goza e parte do líquido fica no pau e você tenta limpar com os dedos. O que acontece? A água quente vai fazer o esperma ficar na condição de gel, e a limpeza vai ficar difícil de ser feita.






A razão para o esperma se aglomerar numa espécie de gelatina em vez de se dissolver na água é que a natureza criou um mecanismo para preservar os espermatozoides de serem destruídos quando estão num meio úmido e quente, como é o caso da vagina. Depois de 5 a 45 minutos depois da ejaculação a porra fica líquida. Se não houvesse a mudança do esperma para a forma de gel, a vagina se tornaria um local mortal para os espermatozoides, de modo que o esperma fica na forma de gel para se resguardar.





O esperma volta a ficar menos viscoso depois de uns 5 minutos e assim os espermatozoides podem fazer o percurso em segurança com destino ao óvulo. O esperma na boca vai ficar na forma de gelatina também, pelo mesmo mecanismo. Vai passar da forma mais líquida para mais gelatinosa bem rapidamente, porque a natureza entende que os espermatozoides devem sobreviver ao meio prejudicial, pelo menos os espermatozoides "pensam" que estão na vagina.






O esperma sempre vai tender a ficar mais espesso e grudento em contato com a água, e se for uma água quente, a proteína contida no esperma vai se agregar mais rapidamente. É algo assim como acontece com a clara de ovo quando você cozinha um ovo de galinha, a clara vai endurecendo e torna-se espessa. Então para limpar o leite que ainda sobra no pau ou que jorrou em algum lugar, use água na temperatura natural ou água fria.













Nenhum comentário:

Postar um comentário