terça-feira, 2 de agosto de 2011

Bulge: carregando a mala



Gosto de nadar em piscina, no mar você acredita que eu dificilmente entro na água? Gosto de ficar andando na areia, até mesmo longas caminhadas de uma ponta a outra da praia, mas banhar e mergulhar no mar não é comigo. 


Com essas ações da Marinha de tirar os quiosques da orla da praia, tipo Guarapari (no Espírito Santo) e Porto Seguro (na Bahia), não existem quiosques onde a gente possa trocar de roupa e fazer as necessidades básicas, principalmente mijar, e a coisa fica difícil.


Eu sempre insisto para ficar próximo de um bar ou posto de gasolina onde haja a facilidade de trocar de roupa e fazer xixi. Mas nem sempre isso é possível, e ai vou ser sincero, entro no mar para fazer xixi, coisa que faço muito a contra gosto, porque decididamente não gosto de entrar na água.


Além do que mijar com ondas batendo é uma habilidade que não tenho, parece que nunca mijo tudo o que tenho pra mijar. E como o mijo é de praticamente cerveja, sabe como é, fico na praia desde a parte da manhã até a tarde, bebendo mais que comendo. olhando e sendo olhado.



E acontece até de nem dar uma saída pro hotel ou pra restaurante pra almoçar... ...são inúmeras as mijadas que dou no mar.


Politicamente incorreto, esse negócio de ficar mijando na água do mar, não acha? Me falaram que todo mundo faz, pensam as pessoas que o mar é muito grande e que mal faz um xixizinho? O mar pode ser extenso e profundo pra caber muito mijo, mas vem cá, será que quando estou na beira da praia tem alguém mijando na água e o mijo vem na minha direção?


E outra coisa que me aborrece além da dificuldade que é achar banheiro na praia ou mesmo em algum estabelecimento próximo da praia é usar sunga e o saco e o pinto ficar parecendo pequeno.



Não tenho nenhum problema em usar sunga ou sungão na praia, afinal é o traje apropriado para o local, e posso parecer radical, não suporto cara que fica na praia sem sunga ou sungão.


Não estou falando pra cara ficar pelado, não é isso. O que eu estou falando é dos caras que usam short de futebol, aqueles de tecido de poliéster tipo que os jogadores de futebol usam, ao invés de usar sunga e/ou sungão. Eu imagino, posso estar errado, que os caras tem vergonha de usar sunga e sungão porque ficam ajustados no corpo.


Ah, não e por isso? O motivo de não se usar sunga ou sungão é porque tem perna fina, tem tufos de pelos nas coxas, tem bunda pequena ou achatada, tem cicatriz que aparece, não acha sunga e sungão no comércio que seja do seu gosto, etc. Mas o principal motivo, eu penso, é que não quer que a mala (bulge) fique aparecendo.


Tá certo, se este é o motivo da preocupação é melhor usar aquele shortão de jogador de futebol. Porque é 100% certo que tem gente que vai olhar na direção do bilau pra ver como é que está na sunga/sungão. Pesquisas científicas realizadas apontaram que quem olha mais para a mala de um homem é outro homem.


Sim, homem tem a propensão de olhar para a mala de outro homem, e não estou falando que esse homem que olha a mala de outro homem seja gay. Não! Seja gay ou não-gay, olhar para a mala é uma ação quase que inconsciente.


Se bem que no meu caso, imagino que você se enquadre tambem nessa minha situação, olhar para a mala de um homem é bem pra lá de consciente.


Não se trata de ficar "secando" homens de sunga na praia, é mais uma coisa natural, como  olhar pra ver se está tudo em conformidade. Não se trata também de um quadro de perseguição visual doentia.



Não vou na praia pra ver exclusivamente as malas (bulge) dos homens, só que é uma coisa que acontece e eu aproveito, afinal que mal faz unir o útil ao agradável?


Bom, já que ficou bem explicado a inelutável arte de apreciar os homens carregando a mala na praia (ou na piscina), vamos falar do problema que acontece com esse traje. Estou falando do volume não parecer estar no tamanho que a gente gostaria que estivesse.



Será que é possível usar uma sunga e a mala ficar aparecendo, sem ser o caso de estar numa meia-bomba ou ereção? 


Em lugares assim como praia e piscina não convém ficar com o pau em meia-bomba ou em ereção, o ideal é o pau ficar no seu natural, e mesmo assim aparecer certa mala na sunga. Isso é perfeitamente possível se você tomar certas providências, fáceis, naturais.



E não estou falando de usar enchimento na sunga, tipo meia ou lenço, ridículo, mas tem cara que acha que isso resolve, que ninguém vai perceber a falsidade!


Vou aconselhar a você ou a alguém que você conhece para nunca usar tais artifícios, você sabe que mentira tem perna curta, que aqui se faz aqui se paga, melhor um passarinho na mão que dois voando. A primeira coisa a fazer com relação ao traje de piscina ou praia, que é sunga ou sungão, é a escolha do modelo no tamanho, cor, material do tecido, e até a padronagem que combinem com você.


Lojas especialisadas na venda de sunga tem o funcionário acostumado em orientar os consumidores. Se você comprar nas lojas americanas etc e tal não vai poder aproveitar essa facilidade, por isso prefira comprar sunga em loja especialisada, ok? Além do que a variedade é maior. Bom, você escolheu uma sunga que gostou, vamos ver se a cor ajuda a sua mala a ficar como ela deve ficar (maiorzinha!).


A cor que colabora para incrementar a sua mala é a branca. É verdade que suja mais, que quando você sentar em algum lugar áspero vai ficar com as bolinhas devido o tecido ser puxado mais aparentes, quando você se banhar vai ficar um tanto transparente. Vantagens e desvantagens, como em tudo na vida, fazem parte.


Uma sunga branca deve ser a escolhida para ressaltar excelentemente a mala, mas se você não quer o máximo, pode conseguir um bom up-grading usando uma cor clara, como azul, amarelo, laranja, tudo claro, numa uma sunga na cor  escura, portanto nem pensar em uma sunga verde-bandeira do Brasil, vermelho pomba-gira, amarelo-ouro, laranja fanta, ok?


Agora que você sabe qual a cor excelente para valorizar a mala (cor branca) e as cores melhores (tonalidades claras), vamos ver outro recurso para evitar que seu "documento" apareça maior, ou no mínimo, não apareça menor. Eu descobri a duras penas que ficar apenas de sunga ajuda a desvalorizar a proeminência do pinto na sunga. Quero dizer que usar uma camiseta junto com a sunga, ajuda a aumentar o tamanho do pau na sunga.


É uma questão de referencial, de contraste. Quando você olha uma pessoa só de sunga o pau na sunga aparenta ser de um volume tal. Quando você olha pro cara que está de sunga e de camiseta, o tamanho do pau parece maior! Nossos olhos sempre procuram um ponto de referência para ajustar a imagem, por isso é que você vê no seriado SCI que o fotógrafo sempre tira a foto colocando um objeto ao lado, para dar comparação.


Lógico que ninguém vai bronzear direito usando camiseta na praia ou na piscina, a questão de usar camiseta fica por conta do momento específico em que se quer dar uma melhorada na aparência do volume na sunga. Bom, falando em bronzeado, pessoas bronzeadas aparentam ter uma mala maior! É que ficam mais saúdáveis, mais bonitas, mais sensuais, só por isso.


Vou ser direto e grosso. Não dá pra ficar de sunga aparentando gostosura se o corpo estiver fora de forma. A sunga não faz milagre, meu querido! Um corpo próximo do "Em Forma" ajuda a ter uma mala interessante. Com raras exceções, uma mala boa não acompanha um cara com pneuzinho e barriga de chopp. O contrário também é verdade: magricelas. Há um meio termo entre gordo e magro, é aí nesse meio termo que aparecem as melhores malas.


Para melhorar o tamanho da mala é melhor não esfriar a região, o saco e o pau usam o recurso de encolherem como defesa quando entram em contato com a água fria. Ficar na sombra, sentado na cadeira nos comes-e-bebes ou sentado conversando ajudam a diminuir a mala. Se você entrou na piscina ou no mar, procure tomar uma ducha de água doce e depois vá se secar, ou fique ao sol. Sunga molhada é desfavorável para a mala.


Se você mergulhou e depois se secou, a temperatura do saco e do pau estarão realinhados com o seu objetivo de ter de volta uma mala, a sua mala que Deus te deu, pelo menos do tamanho normal. Aconselho a fazer uma fricção no local para "acordar" a circulação sanguínea. Não é pra chegar ao ponto de ficar meia-bomba, é só para aquecer.


Tudo bem aparentar um pau meia-bomba conseguido por esfregação, se o lugar e as pessoas entenderem a coisa, contudo, muitas vezes um pau meia-bomba não dura muito, o melhor é fazer coisas que tem duração, como fazer uma sessão de alongamento peniano, usando bombas próprias para isso. Desse jeito o seu pau ficará com um tamanho maior, naturalmente, por um bom tempo.


O sistema de bomba trás mais sangue para o pau e ele fica com um volume maior. Outro dispositivo que você pode recorrer para aumentar a sua mala é usar um anel peniano. O cuidado que se deve ter é que não se deve usar o anel peniano além de 30 minutos uma vez que o sangue precisa ser renovado.


Caso não se retire o anel o sangue perderá oxigenação, o que é um problema, um sério risco à saúde do bilau. O uso do anel peniano também requer que se corte os pelos da região do pau e do saco a fim de melhorar a fixação do anel no corpo, não queremos que o anel saia do lugar e fique solto dentro da sunga, ou até deslize para fora da sunga por exemplo enquanto você joga um futebolznho.


Pensei em algo agora, na questão que a segunda coisa que a gente faz é olhar para a mala de um cara. Mas a primeira coisa é olhar se o cara é gente boa, se é simpático, se passa uma simpatia, um bem estar com a vida. Cara homofóbico por mais mala gostosa que tenha é um problema, de que adianta um enfeite bom desses num idiota?



Acho que a gente que vive em sociedade tem que passar coisas boas pros outros, primeiro coisas INTERNAS boas, depois coisas EXTERNAS boas. Roupa de grife, relógio caro, pulseira de ouro, carro importado, nada disso adianta se o homem não passa uma essência boa. Dou a dica de ser feliz, sorrir, dialogar, abrir seus horizonte, como primeiro passo na direção do sucesso na vida.


O sucesso específico de aparentar-se sensual, usando até a mala para conseguir isso, é um segundo passo. A sedução, seduzir os outros, ou ser seduzido, é um aspecto das relações humanas. Mas não dar pra chegar mais nos outros se a gente se distancia da gente mesmo. Gostar de si é importantíssimo. Quando a gente gosta da gente inevitavelmente a gente gosta dos outros.




Eu sei que tem cara com uma mala que chama a atenção, na praia ou na piscina, num cara que não tem nada a ver por ele ser nojento, antipático, grosso e outros adjetivos negativos. É uma pena, seria tão bom só as malas gostosas serem de caras legais, é o desejável, mas nem sempre é o que acontece. 


Cada um temo que merece. Ficar admirando um cara ordinário, execrável, fudido só por conta da mala gostosa que ele tem, é um desperdício e até um malefício que um gay faz. É atirar pérolas aos porcos. Quem espalha vento colherá tempestade. É isso o que você acha certo de se fazer? Claro que não. Fuja de admirar caras que não gostam e que não respeitam gays!




Cada um na sua. Eu penso que é legal a mala ser admirada mas isso deve acontecer numa situação tranquila. Odeio bicha qua-quá que dá show falando alto e apontando a mala quando o cara passa na orla da praia, correndo ou caminhando na areia.



Ou quando está numa mesa aproveitando o dia de sol bebendo sua gelada, ou está com amigos jogando um frescobol, ou se exercitando nas barras. Gente, respeito é bom e eu gosto, você também, e o cara dono da mala também!




Uma outra dica para você valorizar a sua mala, do tamanho que a natureza vez ela pra você, é você ficar calmo, tranquilo, numa boa. Tamanho não é documento, imagine que você tenha uma mala enorme, e mesmo assim vai acontecer que tem gente que vai achar ela pequena.



É difícil agradar a todos, sabia? Também o que é pequeno para alguns, é grande para outros. De modo que use a sunga com a sua mala como ela é, com certeza, você estará um tesãozinho!




A porção de homens que nasceram e tem um pau maior, e portanto, tem mais chances de mostrarem (conscientemente ou inconsciente) a sua malona para o mundo, é bem pequena. 


Aproximadamente algo em torno de 10% dos homens, até menos, tem um pau e um saco que provocam volume em seu traje íntimo (sunga, cueca...) e em sua roupa social (shorts, calças, bermudas...).



Tenha um dia feliz! Abraços.



Nenhum comentário:

Postar um comentário