terça-feira, 19 de julho de 2011

Países onde a homossexualidade é ilegal - Parte 1

Apresenta-se aqui a lista dos países nos quais a homossexualidade é ilegal, ou seja, é considerada um crime e, assim, passível de punição. Gostaria de que você notasse que usei o termo "homossexualidade" e não o termo "homossexualismo" porque na atualidade prefere-se não se usar homossexualismo por esta palavra terminar com ISMO.


Há palavras que terminam com "ismo", como capitalismo e catolicismo. Estas palavras são do contexto das Ciências Sociais, e o "ismo" indica um principio ou conjunto de princípios explicativos sobre alguma coisa ou algum fato. Por exemplo, capitalISMO é um sistema econômico no qual os meios de produção são de propriedade privada. Portanto, o "ismo" indica uma doutrina ou ideologia.


Há palavras que terminam com "ismo", como reumatismo e egoísmo. Nesses casos o sufixo "ismo" é usado para denotar uma patologia, uma doença. Por essa razão há uma preferência em se falar "homossexualidade" e evitar a palavra "homossexualismo", exatamente por que o final "ismo" trás a ideia de algo ruim, algo que não faz bem.


Mas não há uma regra, aliás, melhor não ter pois senão estaríamos criando um preconceito contra a palavra homossexualismo, e preconceito nunca é uma coisa boa de se fazer (e até mesmo pensar). Dê uma olhada no texto de Calaça, de 24 de maio de 2009, simplesmente imperdível sua leitura!


AFRICA:

ARGÉLIA


ANGOLA


BOTSWANA


BURUNDI


COMORES


DJIBOUTI


EGITO


ERITREIA


ETIÓPIA


GÂMBIA


GANA


GUINÉ


ILHAS MAURÍCIO


LESOTO


LIBÉRIA


LÍBIA


MALAWI


MARROCOS


MAURITÂNIA


MOÇAMBIQUE


NAMÍBIA


NIGÉRIA


QUÊNIA


SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE


SEICHELES


SENEGAL


SERRA LEOA


SOMÁLIA


SUAZILÂNDIA


SUDÃO


TANZÂNIA


TOGO


TUNÍSIA


UGANDA


ZÂMBIA


ZIMBÁBUE



Um homem gay com uma alma isolada

Você pode imaginar uma alma isolada
sem ninguém à vista para ouvir os lamentos
e as lágrimas que de seu coração foram derramados,
e o medo constante e iminente?


Você pode ver em sua mente a vida de um homem
sem qualquer lugar ao qual pertencer?
Porque a sociedade o julgou indigno,
porque eles acham que eles é que estão certos,
e ele é que está errado.
 
Tente imaginar a dor que você estaria sentindo,
com risinhos e palavras de ódio, e cuspidas em seus calcanhares.
Com o que pareceria se as portas fossem trancadas.
Você não poderia entrar, e você não poderia sair?
 
Imagine a sensação de que você não vale nada,
como alguma sujeira que grudou no sapato de alguém descuidado.
Talvez nesse ponto é demais para seu coração aguentar,
e você quer morrer, para parar com o que tem te machucando.
 
Imagine este mundo, talvez por um minuto,
depois você pode parar,
você não gostaria, com certeza
mas há pessoas que passam por isso todos os dias,
e eles não podem parar com nada,
a menos que eles não vivam mais.
 
Então, quando você ouvir falar de ódio,
ouvir de fanáticos e de morte,
não fique ao lado dos seus inimigos,
porque diferente é como você foi criado.
 
Imagine como isso é, ou era para esse cara,
aquele que está ferido, ou já se matou.
 
Então, imagine os sentimentos e as memórias também,
das pessoas oprimidas, odiadas, abusadas​​.

Das pessoas que viveram fora daquela cerca
aquela cerca que eles colocaram,
faz sentido isto para você?



English version:

Can you imagine the isolated soul

with no-one in sight to hear

the cries and the tears that your heart would shed,

and the constant, looming fear?

Can you see in your mind the life of a man

without anywhere to belong?

Because a society judged him unworthy,

because they think they’re right, and he’s wrong.

Try and imagine the pain that you’d feel,

with sneers and hateful words, and spit at your heels.

What would it be like if the gates were locked;

you couldn’t get in, and you couldn’t get out?

Imagine the feeling that you’re worthless,

some dirt that’s been stepped on by someone’s uncaring shoe.

Perhaps at that point it’s too much for your heart,

and you take your own life, to stop it hurting you.

Imagine this world, for maybe a minute,

after that you can stop; you don’t like it, sure

but there are people who go through this every day,

and they can’t stop it, unless they’re no more.

So when you hear of hate, bigots and death,

don’t side with haters, cause that’s how you’ve been bred.

Imagine how it is, or was for that guy,

the one that’s hurt, or lying dead.

So imagine the feelings and memories too,

of people oppressed, hated, abused;

Of people who lived outside of that fence

and what they came to - does it make sense?

Um comentário:

  1. Caralho...
    Melhor eu NUNCA visitar a África...

    ResponderExcluir