sexta-feira, 22 de julho de 2011

Como arrumar um namorado

Dicas interessantes para você desencalhar aproveitando uma oportunidade de chegar "naquele" cara que você está a fim, sem correr o risco de a coisa desandar e, pior, ele começar a correr de você. Se você domina a língua inglesa dê uma olhada em HOW TO GET A BOYFRIEND.


Entenda que a primeira coisa a fazer é saber se o cara que você está interessado em namorar é gay? Caia na real, mona, não existe relacionamento sério entre gay e hétero. Idem, com bissexual. Cada um na sua praia! Bom, tudo bem, o cara não é gay, então você vai desistir de por em prática as suas ilusões, as suas fantasias românticas.


Não há nada no mundo que possa fazer você, um cara gay, de namorar um hétero ou bissexual. Solucione a sua paixão com choro, reza, bebedeira, psicoterapia, enfim, algo que te permita sublimar.


Ou fazer o tal do "deslocamento" que os psicólogos dizem ser substituir o objeto da sua atenção por outro, por exemplo, vá visitar aquela sua amiga biba que tá toda enrolada no TCC (trabalho de conclusão de curso), vá malhar na academia feito uma louca, etc etc.






Entendi, só tem um problema. Você achou que o cara era gay, mas ele realmente não é gay. Será que você não sabe que existem caras que gostam de estar com outros caras, mas necessariamente eles não são gays? Talvez seja o tal do "simpatizante" que aparece na sigla GLS (gays - lésbicas - SIMPATIZANTES). Evite revelar sua intenção de namoro para esse tipo de cara, você iria colocar ele numa situação muito chata.

video

Não se preocupe, basta não revelar as suas (boas mas desapropriadas) intenções e continuar com a amizade do jeito que ela lhe é oferecida pelo "simpatizante", e tudo fica bem. Você vai continuar indo à boite gay com ele, indo pros barzinhos gay com ele, e sei lá onde mais. E fica tudo nisso, você vai ter que encarar que tem cara que gosta de ambiente e gente gay, mesmo não sendo gay.

video

Embora haja casos de simpatizantes que não são gay AGORA. Tem cara que demora um tempo pra se assumir e mais um tempão ainda para sair do armário e mais uma quase eternidade pra se arrumar num relacionamento mais duradouro com outro gay. C'est la vie! Muitos caras se sentem desconfortáveis em sair do papel de simpatizante para o papel de gay.

video

Embora ele seja ou esteja mais para gay, e ele sabe disso, se você colocar o cara "contra a parede" você pode acabar se achando numa situação muito desconfortável. A verdade é que o convívio com este tipo de cara simpatizante ou o gay enrustido pode provocar a vontade da gente ter um caso com ele, mas vá por mim, é uma furada.

video

Pois é, o cara vai perceber a sua atitude como a atitude de um cara sem noção, afinal ele quer só continuar na dele, será que você não vê isso? Bom, essa preocupação com os "falsos" gays não é o seu caso, você está querendo namorar um gay e a questão então é saber se ele está no ponto, ou seja, se está preparado para ouvir de você uma proposta de namoro.

video

Quero dizer com isso é que tem hora e lugar para falar de começar um namoro. Se ele saiu de um relacionamento e não guarda mais sentimentos para com o ex, por exemplo, você escolheu a hora certa. Se você estiver num lugar público e neutro, como numa mesa na área de alimentação do shopping, por exemplo, então você escolheu um bom lugar.

video

Se ele está de alguma forma "ligado" a uma outra pessoa ou vocês estão num lugar "pessoal" (como a sua casa, ou a casa dele), então escolheu a hora e o lugar errados para você falar de namoro com ele.O detalhe com essa questão de hora e lugar é que se não rolar um clima favorável depois de você propor um namoro, fica fácil de "passar a borracha".


Cada um sai pro seu lado e não vai ter ninguém (irmão, amigo, etc) por perto pra se intrometer e complicar ainda mais a situação. Então tá, você escolheu direitinho a hora e o lugar e agora você só tem que se preocupar com uma coisa que é não falar de namoro se ele, durante a conversa inicial, não mostrou interesse em você, além daquele interesse de amizade. Quero dizer com isso é que o cara "lança" sinais se tá ou não a fim de você.


Se os "sinais" que ele te envia são de amizade, não há porque você começar um lance de falar de namoro com ele. Se ele estiver realmente interessado em você, você vai perceber e vai aproveitar para "dar o bote", tirando ele definitivamente da vida de solteiro. Sabe como é que VOCÊ pode alimentar o interesse dele por você, ANTES desse dia fatal no qual você quer perguntar se ele quer ser seu namorado?


Sim, meu querido. Você já deve ter preparado a situação para esse dia, antes, pra não correr riscos. Isso significa que você já deve ter encontrado com ele anteriormente, várias vezes, gastado bem tempo com ele, de modo que ele se acostumou com você, com o seu modo de ser, seu modo de ver a vida, seu humor, suas crenças, seus hábitos e até suas idiossincrassias.

video

(Significado de Idiossincrasia: s.f. Maneira de ver, sentir, reagir peculiar a cada pessoa. Você já deve ter convidado ele para ir a sua casa e conhecer ONDE e COM QUEM você mora. Já deve ter apresentado ele anteriormente a esse dia no qual você quer pedir ele em namoro aos seus conhecidos e amigos, afinal "diga-me com quem andas e saberei quem és".

video

Ele a essa altura já sabe até dos games que você gosta de jogar, das músicas e livros que você gosta, enfim, ele conhece um pouco (ou mais que um pouco) de você. Você já percebeu que transa e sexo com estranhos é no meio gay um tanto quanto comum, a gente "usa" e é "usado" por quem a gente nem sabe se vai ver de novo, aliás, isso tem suas vantagens.


Mas namorar um estranho, eu nunca vi. Ninguém (normal) aceita namorar alguém desconhecido, que nem conhece direito de forma que possa ter descerto se há a tal da "química" com a pessoa. Além do perigo que é ficar num rolo com a pessoa e depois descobrir que ela não presta, já imaginou o que os conhecidos, a família, os amigos, a vizinhança e pior ainda, os inimigos, vão ter assunto para falar?  

video

Já que você foi bem alertado pra não abrir seu coração cheio de amor pra dar com estranhos, vamos continuar. Depois de você ter criado um ambiente de intimidade com o cara, é quase impossível que vocês já não partiram pros amassos, beijos, sexo, essas coisas.


Se você quer pedir ele em namoro você deve ter (e ele também) gostado do que vocês fizeram juntos (inclusive na cama). Se não rolou legal na cama, esqueça, não vale a pena continuar com esse lance de pedir em namoro.


Se tudo correr bem e vocês se entenderam resta-me dilzer que seja feliz com seu namorado. Desejo-lhe um relacionamento de confiança mútua e de comprometimento de ambos na construção de uma vida em comum cheia de amor. Se quiser me contar como foi que você (e ele) se saíram no dia do pedido de namoro (teve um dia de pedido de namoro?), eu estou aqui para te ouvir. Um abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário