domingo, 22 de maio de 2011

Cantores que gosto

No You Tube descobri alguns cantores que achei talentosos. Inequivocamente todos tem talento, e alguns acrescem à essa qualidade o fato de serem gays. Os que assumidamente são gays eu admiro mais ainda porque é muito difícil tornar-se um artista superpop gay na mídia, mídia que não é gay, sendo que os gays são um ou outro que faz sucesso e tem espaço para apresentarem sua arte. 


Adam Lambert é um cantor da Califórnia e a crítica aponta haver muito de teatral nas suas apresentações no palco, e há uma possível explicação para o seu estilo: ele trabalhou em teatro anteriormente. Uma característica desse cantor de 29 anos (faz aniversário em 29 de janeiro) é a sua indumentária, um tanto quanto andrógina, reformando esta característica por algumas vezes surgir nos shows usando forte delineamento nos olhos e unhas pintadas.


Este vídeo acima é da oitava edição do American Idol na qual Adam Lambert cantou uma música do Tears for Fears e ficou entre os dois últimos finalistas, porém quem ganhou não foi ele, foi Kris Allen. Este concurso aconteceu em 20 de maio de 2009 no Nokia Theatre em Los Angeles (note que há um Nokia Theatre também em Nova Iorque).



A vitória de Kris Allen contou com a ajuda dos seus conterrâneos do Estado do Arkansas que tem uma população de 2,8 milhões de pessoas mas que geraram 38 milhões de ligações para o telefone que dava votos para Kris Allen. Esse "fenômeno" de telefonemas gerou perguntas sobre a legitimidade de sua vitória sobre Adam Lambert.


Não sei se Adam Lambert saiu do armário nem se ele se acha gay, apenas estou apresentando-o à você porque ele tocou a minha sensibilidade gay, gostei da arte de Adam Lambert. Outro cantor que gostaria que você conhecesse é o Yehonathan, um cantor israelense que canta na sua língua natal e em inglês. Eu simplesmente adoro o jeito dele cantar e acho muito apropriada a sua seleção e estilo musical. 


Quero deixar explicitado que eu não estou afirmando que Yehonathan é gay, pode ser ou não ser, tanto faz para mim, se for, melhor ainda. Ele não é muito conhecido no Brasil, o que eu sei dele foi pesquisando na Internet. Espero que ele faça muito sucesso, ele é um excelente cantor e as músicas são além de rítmicas e melodiosas, tem vídeos bem feitos e que conseguem passar o charme e sensualidade dele.


Há um outro cantor de muito talento e que está na Internet, até perguntei a ele se eu poderia colocar vídeo seu aqui no meu blog, ele respondeu que preferia que eu não colocasse nenhum de seus vídeos no meu blog porque meu blog tem pornografia gay. Eu respondi que tudo bem, e que eu não colocaria seus vídeos aqui, e vou até além disso, eu não vou colocar nem o nome dele aqui. O que vou fazer é colocar um LINK PARA O VÍDEO DELE, e você poderá a vir a tornar-se um fã dele, ele é muito bom cantor. A gente tem que respeitar os outros, se ele não quer, não quer ué...


Já Jimmy Somerville é um cantor consagrado, ele é um ícone da música. Em 1983 na banda Bronski Beat vários cantava músicas com temática gay.


Depois, em 1985, passou para a  The Communards, que é na verdade uma dupla.



Com o fim da The Communards, Jimmy Somerville passou para a carreira solo. 


Gosto muito também de Marc Almond. Antes da carreira solo ele fazia parte da banda Soft Cell. Esta música abaixo estourou em 1981, mas é uma recriação do sucesso de 1964 de Gloria Jones. O estilo de Marc Almond vai do pop ao gótico ao new age.


Uma paródia hilária do "Mister Bean" para o Marc Almond:



Outra versão de Marc Almond para Tainted Love (Amor estragado):




Nenhum comentário:

Postar um comentário