sábado, 19 de março de 2011

Tamanho do seu pau

 Você vai ler sobre camisinha e tamanho do cacete. No Brasil a camisinha mais vendida é a JONTEX da Johnson & Johnson. Foi lançada no mercado brasileiro em 1937 e atualmente (2010) tem 1 terço de fatia das vendas de camisinha no Brasil, acho que o slogan "o mais seguro" foi bem aceito. 



Fora do Brasil a marca de camisinha mais vendida é a DUREX, vendida primeiramente em Londres em 1929. A origem do nome Durex vem de DUrability e Reliability, seguido do X que vem da palavra eXcellence. Em 1957 a Durex foi a primeira camisinha a ter lubrificante. A Durex não tem fábrica no Brasil. 


Os preservativos que a gente conhece, e usa, são de látex (um tipo de borracha vulcanizada), mas se sabe que o preservativo mais antigo do mundo, de 1640, e que está em exibição em um museu na Áustria, encontrado em Lund, na Suécia, foi feito de intestino de porco.


Como usar o preservativo: abra a embalagem tomando cuidado para não danificar. Coloque os dedos indicador e polegar na ponta da camisinha e dê uma torção de uma volta para tirar o ar, se ficar ar na ponta da camisinha pode reduzir a sensibilidade (prazer) como pode provocar a ruptura. Colocar o preservativo na ponta do seu pau ereto e ir desenrolando lentamente. Vá desenrolando até a base do seu pau, se sobrar camisinha, não tem problema.


Nunca use duas camisinhas, uma dentro da outra, tem gente que acha que fazer isso aumenta a segurança mas não é certo fazer isso, a camisinha de fora pode sair do pau além de que pode danificar a camisinha de dentro. Logo após a relação sexual,  segurar na ponta do preservativo com dois dedos e ir enrolando até você conseguir retirar a camisinha do seu pau, não é preciso enrolar muito, só o suficiente para você tirar ela do pau. Dê um nó e jogue ela no lixo.


Os preservativos que a gente encontra geralmente tem comprimento de 19 cm, largura de 5 cm e espessura de 0,07 mm. A camisinha é um recurso eficiente na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, as chamadas DSTs. Você sabia que a camisinha tem uma probabilidade muitíssimo maior de prevenção de HIV do que de outras DSTs? Sim, a camisinha é mais eficiente em barrar o HIV do que a gonorréia, clamídia, sífilis, herpes genital, HPV e hepatite B. Evidentemente você pode usar em mulher, como contraceptivo.


Nos Estados Unidos há uma camisinha que já vem com uma escala impressa, em polegadas, pode ser usada como uma camisinha normal, a tinta da escala não faz mal à saude.


Recentemente foi lançada por duas empresas americanas um molde para avaliação do comprimento e largura do pau, com o conhecimento dessas medidas o consumidor pode comprar o modelo de camisinha mais adaptável ao seu pau. Boa ideia, você não acha? Pena que as camisinhas no Brasil tem 52 mm de largura. Mas você sabe porque a camisinha mais comum é fabricada nessa medida?


O Kinsey Institute publicou em 1948 o Relatório Kinsey sobre sexualidade humana e tirou o assunto sexo de dentro das quatro paredes, bem como revelou inúmeros tabus e ignorâncias sobre sexo. Este quadro acima elaborado por pelo pai da sexologia, Alfred Charles Kinsey, mostrou estatisticamente que o pênis ereto mais comum tem 15,2 cm de comprimento e 12,7 cm de largura. A camisinha foi feita para a largura de pênis mais comum, ou seja, o pau com 12,7 cm de largura, é para atender a esta conformidade que existem as camisinhas de 52mm.  


Para os bem-dotados há camisinhas coma Blowtex Performe com 65 mm de largura na ponta e 52 mm no meio. A Preserv Extra é ainda maior, tem 55 mm, medida essa tirada na metade do pau, no sentido do comprimento. Para os pintos pequenos, há a camisinha Hotshot com 45 mm, mas ela ainda não é vendida no Brasil. Aliás, existem dezenas senão centenas de modelos de camisinhas vendidas no exterior, como você pode ver no site Le Roi de la capote, mas que não são vendidas no Brasil. Por que será? O pau dos brasileiros são todos iguaizinhos???


Uma coisa temos que reconhecer, o preço da camisinha, é o mais barato no mundo, como você pode ver no gráfico acima, preço pela unidade. Mas tá na hora de haver mais variedade nos tamanhos da camisinha, no mínimo fazer como na Alemanha, Suiça, Áustria, França e Itália onde as camisinhas regulamentadas pelos órgãos de fiscalização do governo aprovam a venda em 6 possíveis dimensões.


Estudos mais recentes que os de Kinsey, realizados pelo Dr. Richard Edwards apontaram que o comprimento do pau passou dos 15,2 cm, valor médio nos anos 1950 para  os 16,1 cm nos anos 1990. O que parece óbvio, você já reparou como os adolescentes hoje em dia são uns pé de milho, tem garoto com 16 aos com uns 1,80 metros. O pau deve ficar proporcional, não é mesmo? Na largura passou na média de 12,7 cm de circunferência para 12,8 cm. Estas medidas são todas tiradas com o pau duro, ok?


Agora tem uma escala de papel que você mesmo imprime e usa para medir o seu bilau. Faça o seu cacete ficar duro e use a escala para identificar as suas medidas. Nos Estados Unidos, onde a escala foi desenvolvida como meio de padronizar os estudos de medidas de tamanhos de caralho, uma das intenções era fazer com que os fabricantes de camisinhas disponibilizassem inúmeros modelos para atender as diferenças de medidas dos paus masculinos.



Há pesquisadores que definem que as dimensões do cacete podem ser juntadas em cinco grupos. O grupo 1 é formado com aqueles homens que tem pau mole até 5 cm e pau duro até 10 cm. Sendo que 6% dos homens tem pau nessas condições, estatisticamente falando. 



O grupo 2 é formado com aqueles homens que tem pau mole até 8 cm e pau duro até 13 cm. Sendo que 20% dos homens tem pau nessas condições, estatisticamente falando.



O grupo 3 é formado com aqueles homens que tem pau mole até 11 cm e pau duro até 16 cm. Sendo que 50% dos homens tem pau nessas condições, estatisticamente falando.



O grupo 4 é formado com aqueles homens que tem pau mole até 14 cm e pau duro até 19 cm. Sendo que 20% dos homens tem pau nessas condições, estatisticamente falando.



O grupo 5 é formado com aqueles homens que tem pau mole acima de 14 cm e pau duro cima de 19 cm. Sendo que 4% dos homens tem pau nessas condições, estatisticamente falando.



Nessa metodologia pode acontecer que o pau esteja com dimensões de comprimento e largura divergentes dos mostrados nos 5 grupos. Por exemplo, no meu caso o meu pau mole é do Grupo 2 mas meu pau duro não é do Grupo 2, e sim do Grupo 4. Não tem problema, você pode medir o seu pau e verificar em qual grupo ele está. Um pau está inteiramente com a sua dimensão em um grupo somente considerando-se a média dos homens. Mas há muitos homens com o pau em condições variantes, como o meu.

Tipos de camisinhas:

Escolha o seu modelo preferido, vista a carapuça e meta a cara, digo, a cabeça:

1. Camisinha Cow-boy: você veste, trepa em cima e fica gritando: - segura peão!!!

2. Camisinha Michael Jackson: vem na cor preta, mas à medida que você usa, ela fica branca.

3. Camisinha Lalau: você entra na farmácia, rouba a camisinha, sai de fininho e depois ainda goza.

4. Camisinha Olímpica: vem com um cronômetro instalado, para medir em quanto tempo você brocha.

5. Camisinha No Limite: permite até 30 dias de uso ininterrupto. Se você brochar, vai direto pro portal.

6. Camisinha Galvão Bueno: ao abrir o envelope, você ouve: - Bem, amigos da Rede Globo!

7. Camisinha Eleitoral: você veste, promete que vai arrasar e na hora H, vira pro lado e dorme.

8. Camisinha Barrichelo: você veste, entra e sai do box, chora, reclama, mas nunca consegue chegar até o fim.

9. Camisinha Titanic: vem com um bote salva-vidas, para o caso de sua parceira ser um gelo.

10. Camisinha Psicose: vem com uma faca de brinde.

11. Camisinha Homeopática: pra quem gosta de gozar em várias doses.

12. Camisinha MST: você veste, pula a cerca e monta a barraca.

13. Camisinha Ateísta: pra quem não acredita em vida depois do casamento.

14. Camisinha Freudiana: só vem em tamanho pequeno, pra quem tem complexo de inferioridade.

15. Camisinha Socialista: você usa e depois empresta para os amigos.

16. Camisinha Capitalista: você usa, lava, diz que é nova e depois vende para os amigos.

17. Camisinha Plataforma Windows: na hora em que você mais precisa, ela trava e te deixa no pau.

18. Camisinha Milagrosa: você veste e o morto ressuscita.

19. Camisinha Ayrton Senna: quando você goza, toca a musiquinha da vitória.

20. Camisinha Ultra-Man: para o caso de sua parceira ser um monstro.

21. Camisinha Televisiva: só mantém seu pau no ar se der ibope.

22. Camisinha 1.0: é a mais econômica, mas o seu pau só sobe de segunda se vier no embalo.

23. Camisinha 2.0, 16V, turbo: pra quem precisa de mais potência.

24. Camisinha Masoquista: vem com aviso – “sujeita a rupturas repentinas”.

25. Camisinha Ecológica: é biodegradável. Quando molha, desmancha.

26. Camisinha Politicamente Correta: você veste e pede licença para entrar.

27. Camisinha Loiro José: pra quem não tem preconceito com loira burra.



Variedades de camisinhas vendidas no Brasil:

Lubrificada: a mais tradicional; e látex, com óleo de silicone para facilitar a penetração e no formato liso.


Sem lubrificação: modelo a seco, sem óleo de silicone; é indicado principalmente para os alérgicos a lubrificantes.


Aromatizadas: muito usada no sexo oral. O óleo lubrificante vem misturado com o aroma de vários alimentos.


Ultra-sensíveis: amplia a sensibilidade do pênis na hora do sexo; tem a espessura do látex reduzido. O formato é liso e também tem óleo lubrificante.


Texturizadas: possuem relevos, das listras às bolinhas, com o objetivo de provocar estímulos tanto nos homens, como nas mulheres.


Efeito retardador: tem ação de retardar o prazer no homem. Possui uma dosagem de 4,5%, de benzocaína, um tipo de anestésico local, substância que dá uma segurada no orgasmo masculino e prolonga o tempo da relação.
Tamanho GG: tem em média 186 mm de comprimento e 55 mm de largura.


Para adolescentes: o modelo Teen é indicado principalmente para o público jovem que está iniciando a vida sexual e também para as pessoas que procuram mais comodidade. O preservativo é liso, lubrificado, com 49 mm de largura, abaixo do padrão de 52 mm, e com 160 mm de comprimento.


Hot: promove sensação de calor; possui um agente umectante em forma de gel na parte interna (em contato com pênis) e na externa (em contato com a vagina) que esquenta durante a relação.


Ultra: é um preservativo lubrificado mais espesso que os outros. Ou seja, camisinha mais resistente.



Acabou! Abraços.

Um comentário:

  1. Tenho 20 anos e essa é minha primeira vez com a minha namorada, to afim mas o nervosismo atrapalha... Nunca comprei um preservativo mas já sabia q existe tamanhos diferentes. Agradeço pela explicação, ajudou muito!

    ResponderExcluir