domingo, 21 de novembro de 2010

Cueca: a escolha é sua

A cueca é um item de vestuário que aponta não só a personalidade da pessoa mas também a quantidade de charme e sedução dela. Quando a pessoa usa uma cueca básica, daquelas tipo slip, principalmente essa, entende-se que essa parte do corpo da pessoa está desvalorizada. Roupa, gente, não é só uma questão de necessidade para preservar a higiene ou proteger áreas sensíveis mas também, e bem mais, um assunto de como a pessoa se entende e assume sexualmente.


Imagine você indo a um motel, ao apartamento dele, ou outro local com a intenção de dar uns amassos ou mesmo transar, coisas que necessariamente exige que roupas sejam retiradas, e chegando na hora de ficar de cuecas você se depara com um cara, seja o ativo ou o passivo, com uma cueca sem graça, com cara de comum, daquelas que a mãe da gente comprava quando a gente era mais novo. Mesmo a pessoa sendo um "Deus grego" ou tendo outro atributo que te atraiu intensamente, olhar uma cueca do tipo básica já deixou algo a desejar porque pecou na promessa de prazer que a transa pode e deve dar.



Vou te acontar um fato real, aconteceu mesmo: um amigo meu faz massagem terapêutica, também faz shiatzu, bom, ele precisou pedir para o cliente, um cara que estava atendendo pela primeira vez, ficar só de cueca para poder realizar a sessão. Com muito profissionalismo ele foi massageando e pediu para a pessoa ficar de bruços (deitado com a barriga para baixo) e quando o cara virou ele estava com um furo na bunda, bem na região do ânus, dava até para ver alguns pelos lá. Esse meu amigo ficou constrangido mas não falou nada para o cara, fez a massagem e tudo correu bem. Fiquei rindo muito da situação quando ele me contou isso, do furo na cueca, mas eu devia era ter chorado. Como um cara não liga para o estado e o impacto que sua cueca causa nos outros?


Uma vez entendido que não é de bom tom mostrar para os outros uma cueca furada ha ha ha, na lista dos não acrescente-se cueca com cara de usada, manchada, distendida (que ficou alargada por muito uso ou pela má qualidade mesmo dela). E tem mais: nem tem cabimento cueca muito apertada ou com cor ou desenho berrantes. Penso que está fora de cogitação ainda cueca com risco de bicicleta na região do ânus ou mancha amarelada de xixi na parte da frente. Eu iria até mais longe com o que não pode acontecer com a cueca: você não pode recusar dá-la para o parceiro se ele pedir a sua cueca de lembrança e tem mais, você não deve recusar que o seu parceiro, num momento de tesão ou algo que o valha, estique-e-puxe, amasse, fure ou queime a sua cueca.



As cuecas mostradas tem "copyright" da Eros Veneziani onde você pode escolher e comprar. Esta marca é italiana e as vendas acontece no Brasil mesmo. Você vai escolhendo, faz o pedido no site e depois recebe a mercadoria em casa, ou seja, faz uma compra online com comodidade, privacidade e segurança.


Tem gente muito sem noção nessa vida, até gay (e aqueles que se dizem não ser gay nem um pouco mas adoram transar com gay), que deveriam ter a obrigação de estar preparados para arrasar e conquistar parceiros, acontece de usar cuecas num estado indevido, como é o caso abaixo:


Outra obsrevação possível e imprescindível é ter em mente que tem cueca que por mais linda e sedutora que seja não fica bem no corpo se a pessoa não estiver em forma. Ou se por obra divina, a pessoa não tem bunda, ou é bunduda demais, ou está com a bunda flácida, com muitos pelos, tem uma cicatriz ou marca que esteticamente não valoriza o corpo, ou simplesmente a cueca fica ridícula na pessoa, como é o caso abaixo:



E para terminar uma redomendação. Há a possibilidade do uso de cuecas eróticas, aquelas cuedas do tipo mais sexy e atrevidas. Não há nenhum problema quanto ao seu uso porém, todavia, contudo é uma questão de bom senso. Elas devem ser usadas no "tem hora e lugar", logo, é preciso ter a sensibilidade de planejar o impacto que seu uso trará ao ser vista pelo parceiro. É preciso criar um clima positivo, preferivelmente de descontração e divertimento, ou então de saber apimentar os momentos que antecem o momento de tirar a calça e deixar ver a roupa íntima. Cuecas eróticas são bem vindas, desde que se trabalhe as preliminares. Uma situação que de repente o cara tira a roupa e aparece de cueca de elefantinho, assim, de supetão, em vez de causar tesão causa é riso e, no meu caso, esfriamento da relação. Detesto gente ridícula que vai se achando.



Nenhum comentário:

Postar um comentário