sábado, 12 de junho de 2010

Auto-ajuda: faça você mesmo

Este texto NÃO É MEU e NÃO TEM TEOR SEXUAL, ele está originalmente em Você faz o melhor que pode? - Anderson Coutinho que é o seu criador e o detentor dos direitos autorais. Clique e conheça os outros maravilhosos artigos dele e de outros, por favor. Quer um motivo para você fazer isso? Sexo não é tudo, meu querido! Talvez você precise é de uma palavra amiga e positiva!!!



Você faz o melhor que pode? Em todas as situações, em todas as vertentes da sua vida, todos os dias, momentos, oportunidades, com todas as pessoas e coisas? Faz uso de todas as suas faculdades, possibilidades, potenciais e capacidades para promover o bem, o correto, o justo e o agradável?


Você sabia que o efeito de se colocar o melhor que se pode em tudo o que se fizer, é puramente positivo e altamente gratificante ao espírito?
 
A vida é uma constante troca. Você tem da vida, aquilo que você dá à vida. E se a cada instante você se propõe a fazer o melhor que puder, não tenha dúvidas: a vida devolverá o melhor que ela puder a você, na medida exata do justo reconhecimento pelo seu esforço digno e salutar.


Coloque comprometimento, bom ânimo, interesse pleno e proatividade em tudo o que você fizer, independente de recompensas visíveis ou reconhecimentos evidentes. As leis da vida trabalham em silêncio, sem alarde, sem necessidade de homenagear seus esforços.


Faça como as estrelas. Em meio à noite escura das controvérsias, problemas e dilemas humanos, potencialize todo o dínamo atômico que há em seu ser e brilhe na escuridão!