domingo, 3 de janeiro de 2010

Feliz 2010!

Começa um novo ano e continua o meu blog querendo levar prazer à sua vida. Acontece cada coisa que nem te conto, não, conto sim. É que eu telefonei ontem convidando Luk para vir em casa dar uns amassos. Bom, ficar aqui em casa e almoçar comigo, conversar, por os assuntos em dia e, nas segundas intenções, dar uns amassos ha ha ha.

video

Pois não é que ele disse que não vinha porque ia jogar baralho com a família no domingo. No meu ponto de vista acho um absurdo que um macho ativo gostoso daquele prefira passar o dia jogando baralho, ao invés de transar, contudo eu sei que hábitos de família são difíceis de largar, além do que se todo domingo ele joga como é que ia explicar que neste domingo não jogaria? Sei que a família dele é muito unida, quando converso no telefone com ele um dia o pai deu um grito pedindo para ele levar um copo de água e Luk simplesmente disse pai já vou sendo que estava conversando comigo, como a família dele não sabe que ele transa com homem, ele achou melhor desligar o celular!



Estou então neste domingo sem sexo com quem poderia fazer um sexo legal. Pelo menos tem uma razão plausível o que não é caso de um contato do MSN que me contou que estava a fim de um cara de uns 40/45 anos, ele tem uns 25, e que um belo dia esse cara concordou em sair com ele para conversar. Papo vai, papo vem, foram parar num motel. Esse meu contato me disse que o cara não fodeu ele, disse que estava cansado. Eu achei muito estranho, ora se era pra conversar podiam ter economizado o dinheiro do motel. Pra que ir no motel e não chegar a fazer sexo anal, tudo bem, pode ter rolado um boquete, mas fazer boquete num cara cansado tem graça? Se não tá cansado pra ficar de pau duro num boquete porque tá cansado pra foder? Eu simplesmente disse para ele sair fora, esse tipo de ativo não tá com nada, se é que ele é realmente ativo.



Essas situações surpresa acontecem e no caso anterior, tudo bem, basta ser compreensivo e esperar por melhores dias mas há o caso de outro contato que não dá para a situação passar batida. É que ele foi em uma boite gay e curtindo a noite deu uns beijos num cara, não percebeu que alguém tirou a foto dos beijos num celular. A gente nunca espera o celular de alguém que a gente nem está sabendo estar tirando foto sua. No caso essa pessoa que meu contato disse não ter a menor ideia quem é tirou a foto dele beijando um cara e mandou para o celular da mãe dele. Ele ainda não saiu do armário, ou melhor, não quer sair mas parece que chegou a hora de sair porque não me veio à cabeça e nem na dele uma explicação boa para dar para a mãe.




Se as tragédias da via real parecem cair como um viaduto o caso de outro contato foi ainda mais triste: ele pegou AIDS! Ele me mandou um e-mail com um texto explicativo como aconteceu isso com ele e foi o seguinte: ele transou bareback com um cara, tinha o e-mail dele do MSN e dois números de celular dele, parecia tudo bem. Até que passou um tempo e ele ficou sabendo que o cara estava em São Paulo e ele era soropositivo e transava irresponsável e criminosamente sem camisinha com os caras que gostam de bare. E não ficou só nisso, um exame que o meu contato fez mostrou que ele tinha pego doença venérea. Embora ainda esteja no prazo da janela imunológica, esse meu contato tem certeza que está o vírus. Como meu contato é da área de saúde ele está tomando providencias no sentido de sair fora dessa fria e como gosta de transar bare acho que de agora em diante vai usar camisinha.



Desculpe, só notícia ruim... tudo porque o Luk não está metendo a rola dele em mim nesse domingo, acabei por me lembrar desses 'causos' que meus contatos do MSN me contam. Enfim, acho que tudo é um aprendizado, as coisas não são bem do jeito que a getne gostaria que fosse, né? Basta a cada dia o seu mal e vamos em frente, levantar a poeira e dar a volta por cima. Por que nós merecemos sermos felizes e 2010 estará sendo um ano maravilhoso, tudo bem com prazer e dor, faz parte, e sobreviveremos a tudo. Tira o pé do chão, meu rei!

Nenhum comentário:

Postar um comentário